Início Cidade

Araraquara acorda neste domingo com fiscalização nas ruas

Primeiro a orientação, depois a abordagem para penalizações se não houver esclarecimento convincente; policiais militares e agentes de trânsito já estão com estruturas montadas em vários pontos da cidade. Movimentação começou antes das 8h deste domingo com acessos afunilados por cones e checagem de documentos. Objetivo é evitar a movimentação de veículos e de pessoas na cidade, situação jamais vivida na história da cidade.

3266
Ação conjunta da Polícia Militar, Agentes de Trânsito e Vigilância Sanitária nesta manhã de domingo

Para cumprimento do decreto assinado pelo prefeito Edinho Silva na última sexta-feira (19), policiais militares e agentes do trânsito pouco antes das 8h deste domingo (21) já estavam montando estratégias nos principais acessos aos bairros da cidade, inicialmente orientando motoristas sobre as normas do lockdown que passam a vigorar, perdurando até terça-feira, meia noite.

“Bom dia, meu nome é… sou agente de trânsito e o meu objetivo é saber para onde está se dirigindo, por conta do decreto municipal”. Essa é a frase que os motoristas ouviam, explicando o destino. A medida visa conter a circulação de pessoas, evitando que elas se movimentem e cumpram o lockdown que começa a vigorar ao meio-dia.

Em várias regiões da cidade são montadas barreiras para impedir circulação de veículos e pessoas

Tanto militares, formando um grande contingente, quanto de agentes de trânsito foram chamados para a tarefa que se distribui por toda a cidade. Orientar é importante neste primeiro passo, disse um policial que acompanhava a distância a abordagem realizada pelos agentes de trânsito.

Isolar a população, com lockdown mais rígido, era uma decisão que vinha sendo estudada pelo município desde terça-feira em função da falta de leitos em hospitais públicos e privados, além da circulação de pessoas em níveis elevados. As medidas poderão acabar na quarta ou prorrogadas até o final da próxima semana, dependendo do cenário e colaboração da população.

O decreto também levou em conta que no município, nas duas últimas semanas, cepas variantes genéticas do Novo Coronavírus, na ordem de 60% (sessenta por cento) das amostras sequenciadas passaram a preocupar as autoridades da Saúde Pública. O temor é que – outras variações possam surgir e a medicina sofra um descontrole sobre a propagação do vírus. Daí o lockdown.

Motoristas são identificados e placas dos veículos anotadas

O documento sinaliza que é notório e pacífico o entendimento de que o isolamento social é o meio mais eficaz de conter a disseminação da COVID-19, e a contenção da doença é a única maneira de evitar o colapso da rede de saúde.

Segundo o documento anunciado na sexta, fica determinada a quarentena a partir das 12h do dia 21 de fevereiro (domingo) até 23h59 de 23 de fevereiro (terça-feira), vedando à circulação de pessoas e veículos em vias públicas. Neste período, a circulação de pessoas e veículos em vias públicas será apenas permitida para a finalidade de aquisição de medicamentos, obtenção de atendimento ou socorro médico para pessoas ou animais, embarque e desembarque no terminal rodoviário, atendimento de urgências ou necessidades inadiáveis próprias ou de terceiros e prestação de serviços permitidos pelo decreto.

NÃO ESQUEÇA

No exercício das atividades em questão, as pessoas deverão portar e exibir, quando requeridos pela fiscalização, além dos documentos pessoais de identificação e de comprovação de endereço residencial: nota fiscal da compra ou prescrição médica do remédio adquirido ou a ser adquirido, atestado de comparecimento na unidade de saúde de prestação do atendimento ou socorro médico ou prescrição de medicamentos resultante do atendimento, carteira de trabalho, contracheque, contrato social de empresa que seja sócio, declaração de terceiro com identificação do indivíduo, do declarante e do endereço da prestação dos serviços, tíquete ou imagem da passagem, comprovação da urgência ou da necessidade inadiável por qualquer meio ou declaração própria ou de terceiro da ocorrência do fato.