Início Destaques

Araraquara ganha as páginas do New York Times

Reportagem do jornal norte-americano aborda a variante do coronavírus descoberta em Manaus e registrada em vários casos na cidade

496
Araraquara foi mencionada pela Dra. Ester Sabino, especialista em doenças infecciosas da Escola de Medicina da Universidade de São Paulo (USP)

Araraquara foi citada nesta terça-feira em reportagem do jornal The New York Times, assinada pelo jornalista Carl Zimmer. Com o título de “Variante de vírus no Brasil infectou muitos que já haviam se recuperado da Covid-19”, a matéria aborda a nova cepa de Manaus, encontrada em exames feitos em pacientes com covid-19 no município.

“Os primeiros estudos detalhados da chamada variante P.1 mostram como ela devastou uma cidade brasileira. Agora os cientistas querem saber o que ele fará em outros lugares”, diz o texto da publicação.

Araraquara foi mencionada pela Dra. Ester Sabino, especialista em doenças infecciosas da Escola de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Ela disse que um dos novos surtos surgiu em Araraquara, “uma cidade brasileira de 223.000 habitantes que não apresentava altas taxas de Covid-19 antes da P.1 ter chegado”.

Se as pessoas em Araraquara não tinham altos níveis de anticorpos antes da chegada de P.1, continuou a infectologista, isso sugere que a variante pode ser capaz de se espalhar em outros lugares. “Isso pode acontecer em qualquer outro lugar”, reforçou ela.