Início Destaques

Armado, ladrão rouba ambulância do Samu e sequestra casal

Idoso estava sendo atendido pelos profissionais da saúde quando criminoso rendeu quatro pessoas criando pânico entre nos moradores do bairro

101
Viatura do Samu levada com o casal de idosos dentro

Assalto, sequestro, tentativa de fuga. A noite deste domingo (11), foi de violência na frente de uma casa na rua Venezuela, na Vila Brasília, em São Carlos, quando socorristas do Samu e um casal foram rendidos por um ladrão. Ocorreu posteriormente tentativa de fuga, mas o criminoso foi detido por policiais militares.

A história começou quando um idoso de 71 anos solicitou a presença de socorristas do Samu para atendimento médico.

Uma equipe de profissionais da saúde parou a ambulância em frente à casa e iniciou o atendimento médico ao paciente que estava acompanhado da esposa de 65 anos. O criminoso G.G., 29 anos, apareceu armado com uma faca e uma tesoura, se aproximou e mediante ameaças de morte se apoderou de dois celulares (de um dos socorristas e da mulher) e de uma quantia em dinheiro.

Posteriormente ordenou que os socorristas saíssem da ambulância, pois iria fugir com o veículo e deixar o casal em uma UPA. Os socorristas pediram para que o homem e a mulher fossem deixados, fato negado pelo bandido.

Ao tentar sair com a viatura, o bandido ‘afogou’ o carro e foi ajudado por um dos socorristas. Posteriormente conseguiu fugir.

Ato contínuo, o filho do casal percebeu a ação criminosa e solicitou a Polícia Militar que rapidamente chegou ao local. Em seguida, teve início a busca e os policiais – cabos Neto e Romero avistaram a ambulância roubada na avenida Araraquara.

Teve início a perseguição e apavorado, após realizar um ‘zigue zague’ na rodovia Washington Luís (SP-310) – sentido interior/capital, a ambulância novamente ‘afogou’, momento em que os policiais militares conseguiram a abordagem próximo a base da Polícia Rodoviária.

No interior da viatura, os idosos estavam apavorados, mas sem ferimentos. Já G.G. foi detido e encaminhado ao plantão policial onde ficou à disposição da autoridade policial.

Indagado sobre o assalto, disse que a intenção era trocar os celulares e viatura do Samu por entorpecentes. Consta que ele possui passagens criminais e recentemente teria cumprido pena pelo mesmo crime.

Os celulares e o dinheiro foram recuperados e devolvidos às vítimas. Além da Polícia Militar, a Polícia Rodoviária também atendeu a ocorrência.