Início Destaques

CER Carmelita Garcez entra para o rol de Instalações Modelo de Sustentabilidade do Município

A unidade escolar passou por adequações que visam maior eficiência energética na edificação com o objetivo de amenizar os impactos causados no meio ambiente

139
Projeto que respeita a edificação e vegetação existente

Araraquara terá em breve uma nova Instalação Modelo de Sustentabilidade. Trata-se do prédio do CER (Centro de Educação e Recreação) Carmelita Garcez, localizado no bairro São José. Após um pedido da população por meio do Orçamento Participativo, a obra de reforma e ampliação está em fase final, sendo concluído o projeto de paisagismo.

Agora Araraquara já conta com quatro prédios sustentáveis (Laboratório Químico do DAAE, Centro Especializado em Reabilitação, EMEF Vereador Edmilson de Nola Sá). O local se enquadra nos prédios modelos de sustentabilidade, atendendo a diretiva Município Sustentável do Programa Município VerdeAzul.

A secretária da Educação, Clélia Mara dos Santos, afirma que a educação é pioneira em projetos inovadores de sustentabilidade. “No início dos anos 2000, no mandato do prefeito Edinho, demos início à colocação de placas de energia solar em escolas e agora com o avanço das tecnologias que reduzem os impactos e danos ao meio ambiente avançamos mais alguns passos”.

Segundo a secretária, o projeto deve trazer mais conforto e bem-estar a toda comunidade escolar. “Para isso, um projeto arquitetônico sensível, criado especialmente para a escola e atencioso com as finalidades e necessidades de ocupação dos espaços foi fundamental para que tenhamos espaços internos e externos que favoreçam o conforto e bem-estar de toda comunidade escolar que usufruirá do CER Carmelita Garcez”.

O secretário Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Carlos Porsani, destaca que o projeto da reforma e ampliação foi feito de forma colaborativa, envolvendo toda a comunidade escolar e seguindo uma série de premissas que visam a diminuição dos impactos ambientais. “O projeto que respeita a edificação e vegetação existente, privilegia ventilação e iluminação natural, uso de cores e grafismo, acessibilidade, mobiliário adequado, uso de tecnologias que reduzem o consumo de água e energia elétrica, projeto de paisagismo com implantação de uma horta, áreas permeáveis e um sistema de drenagem de águas pluviais com tanque para infiltração”.

Porsani reforça que agora a cidade conta com quatro prédios sustentáveis (Laboratório Químico do DAAE, Centro Especializado em Reabilitação, EMEF Vereador Edmilson de Nola Sá). “Estes locais servem como modelo de construção a ser seguido no município e que pode ser adotado por outras entidades particulares, e assim que houver a melhoria no cenário da pandemia estes espaços estarão aptos a receber visitação com prévio agendamento”. Segundo ele, para o próximo ano está prevista a instalação de outros prédios e a ampliação dos itens de sustentabilidade dos prédios já existentes. “Hoje o CER conta com 12 itens e esperamos ampliá-los”, concluiu o secretário.

Confira as adequações que fazem do prédio um modelo de sustentabilidade:

1- Fachada de vidro: A fachada de vidro auxilia na iluminação natural, que contribui para a economia de energia elétrica. Além de proporcionar uma interação com o exterior da edificação.

2- Maior abertura das janelas: As aberturas amplas nas janelas favorecem a ventilação natural, melhorando dessa forma o conforto térmico dentro da edificação.

3- Piso drenante: O piso drenante intertravado é um tipo de bloquete de concreto poroso que permite a passagem da água para o solo. É utilizado para evitar a formação de acúmulo de água, ou seja, enchentes e alagamentos.

4- Eficiência energética: Instalação de aparelhos de ar condicionado com selo Procel, classificação A, que apresentam melhores níveis de eficiência energética dentro da categoria, resultando em economia de energia elétrica.

5- Jardim de inverno: Espaços destinados ao cultivo de plantas e flores e também possuem a finalidade de promover a entrada de ar e iluminação.

6- Iluminação com lâmpada de LED: Iluminação interna e externa com lâmpadas de LED, que podem gerar uma economia de energia elétrica de até 80%, além de oferecer uma melhor capacidade luminosa no ambiente e longa durabilidade.

7- Sistema de infiltração de águas pluviais: Rede de calhas instaladas no solo, auxiliam o processo de drenagem e conduzem as águas pluviais para um tanque de infiltração subterrâneo.

8- Acessibilidade: A edificação atendendo às normas de acessibilidade atuais, com instalações adequadas para que as pessoas com necessidades especiais e mobilidade reduzida possam desfrutar plenamente do espaço com segurança e conforto.

9- Torneiras com temporizador: Torneiras com sistema de acionamento por toque e fechamento automatizado com temporizador que podem reduzir o consumo de água em até 70%. Seu acionamento facilita o uso também para aqueles que possuem alguma necessidade especial, garantindo acessibilidade a todos.

10- Coleta seletiva: Separação correta de resíduos, ação essencial para manter a qualidade de vida e influenciar positivamente nas questões ambientais, a coleta seletiva também ajuda na economia já que beneficia trabalhadores locais e cooperativas de reciclagem.

11- Arborização: Preservação da arborização no projeto de ampliação, a construção se integra com as árvores, e é beneficiada com o sombreamento natural que proporciona um melhor conforto térmico. Além da arborização já existente, no projeto de reforma e ampliação estão previstos um novo paisagismo para o local e uma horta.

12- Grafismo com mão de obra local: Grafismo feito por artista local, promoção e valorização da cultura e da arte urbana, integração social, diversidade e cidadania. Para incentivar a criatividade dos “pequenos” algumas paredes externas receberam um grafismo especial com tinta lousa, que permite personalizar as paredes com frases e desenhos feitos com giz.

 13- Ambientes com cores claras: Aplicação de cores claras, promove conforto térmico nos ambientes, reduz o uso de ar condicionado, impacta positivamente na questão da iluminação por refletir melhor a luz além de trazer a sensação de conforto psicológico causado pelas cores.

Material de divulgação