Início Destaques

Comandante do Batalhão pode entrar para a política em 2020

Aproximando-se da aposentadoria (reforma para os militares) o Tenente Coronel Adalberto José Ferreira comenta com o RCIARARAQUARA que é do seu interesse passar por esta experiência na vida e seguir a carreira política. Ele diz ter recebido várias propostas de partidos, mas não confirma se uma delas teria sido do prefeito Edinho para ser o seu vice em 2020.

681
Tenente Coronel Adalberto, comandante do 13° Batalhão da Polícia Militar em Araraquara, uma figura muito próxima e querida da comunidade

O Tenente Coronel Adalberto José Ferreira, comandante do 13° Batalhão da Polícia Militar em nossa cidade, indagado pelo RCIARARAQUARA nesta segunda-feira (19), se realmente estaria disposto a ingressar na carreira política, respondeu afirmativamente: “Sim, é possível e de interesse passar por esta experiência na vida. Contribuir com o meu serviço à comunidade”, comentou.

A resposta vem em meio às especulações de que tão logo entre para a reserva, o que acontecerá no começo do ano que vem, o militar tome esta decisão. O caminho de acordo com os analistas políticos estaria traçado – ser vice de Edinho Silva, nas eleições municipais de 2020.

“Essa decisão só será tomada mais adiante, pois no caso dos militares, não podemos nos filiar em nenhum partido, exceto quando passarmos para a reserva ou quando nos desincompatibilizarmos para o serviço público. Pode acontecer isso até meados de 2020”, comentou o militar.

A informação de ser ele o vice de Edinho começou a ficar mais forte por conta das suas aparições ao lado do prefeito em vários eventos na cidade. Para outros, contudo, estar ao lado do prefeito não significa que estaria disposto assumir uma candidatura pois é também função do comandante participar dos movimentos da cidade, cívicos, esportivos e sociais.

Comandante do 13° ao lado de Edinho na Marcha para Jesus

“Apesar de diversos convites e propostas recebidas, o foco agora é no comando do 13° BPM/I, onde a minha linha é a valorização dos Policiais Militares e a aproximação com a comunidade em Araraquara e nas demais 18 cidades que compõem o Batalhão”, justificou o Coronel Adalberto.

Quando perguntamos outra vez, se depois da entrar para a reserva é possível ou se apenas o futuro poderá dizer, o militar foi bem claro: “Sim, é possível e de interesse passar por esta experiência na vida. Contribuir com o meu serviço para a comunidade”.

QUEM É O COMANDANTE

Adalberto quando homenageado na Câmara Municipal em 2017

Em dezembro de 2017, Adalberto Adalberto José Ferreira recebeu o Diploma de Honra ao Mérito. Na oportunidade não foram poucos os elogios ao seu trabalho. Autor da indicação, o vereador Tenente Santana, destacou diversas qualidades do homenageado. “Humildade, inteligência, bom filho, bom companheiro, bom profissional e bom chefe de família. Competência no comando e seriedade. Um prazer e um privilégio ser autor dessa homenagem.”

Também na ocasião, o prefeito Edinho Silva disse que “comandar é algo difícil, mas Adalberto é um líder carismático. Ele trabalha e luta muito por Araraquara, e essa é uma forma da cidade lhe dizer muito obrigado”.