Início Cidade

Coronel Adalberto é imortalizado como comandante do 13° BPM

Sua foto integra agora a galeria dos comandantes do batalhão

87
Coronel Adalberto na manhã desta quarta-feira (13)

Nesta quarta-feira (13), em evento restrito no 13° Batalhão de Polícia Militar de Araraquara, a foto do Comandante Adalberto José Ferreira, passou a integrar a galeria do comando.

A galeria de retratos, onde figuram personalidades que ocuparam o cargo de Comandantes de uma unidade que foi instituída pelo Decreto Federal nº 42.018 de 09 de agosto de 1957, na gestão do então, Presidente da República Juscelino Kubitschek, e, depois regulamentada pelo Decreto nº 89.586 de 26 de abril de 1984.

A Galeria de Retratos dos Comandantes imortaliza o período de comandamento, mantendo assim, o registro histórico de cada passagem, além de avultar a história da Unidade.

Coronel Adalberto à época na patente de Ten Cel PM comandou o 13° Batalhão de Polícia Militar do Interior, de 07 de junho de 2017 até 05 de março de 2020, quando foi transferido para reserva a pedido, sendo sucedido pelo Ten Cel PM Luís Sérgio Mussolini Filho.

Ao Portal RCIA o ex comandante disse que a agradece a Deus a família aos amigos que fez na PM por possibilitar tudo isso. “Sinto-me orgulhoso em fazer parte da galeria do 13° batalhão. Fazendo uma retrospectiva, vemos que poucos que trabalharam no batalhão, conseguiram galgar o comando de uma unidade tão grande como é o 13° que envolve 19 municípios, atendendo a mais de 630 mil pessoas, com os seus quase 700 policiais militares, buscando sempre a excelência. Para aqueles que são soldados assim como eu fui, é possível a todos chegar aonde eu cheguei, basta você se esforçar, agir dentro da legalidade e moralidade. Respeitando sempre a população, o cidadão de bem, valorizar e respeitar seus policiais militares tanto os mais antigos como os recrutas e respeitar seus superiores. Me sinto agradecido, por ter minha foto imortalizada na galeria de eternos comandantes”, ressaltou ele.

SOBRE O CORONEL ADALBERTO

Araraquarense, Adalberto José Ferreira foi um dos milhares de alunos que frequentaram as salas de aula do EEBA. Casado, pai de cinco filhos – teve a grata surpresa de ser pai de trigêmeos –, o policial militar da Reserva é multifacetado. Acumula conhecimento em várias profissões, como bombeiro, professor de Educação Física, mergulhador, marceneiro, empresário e gestor público.

Adalberto estudou na Escola de Educação Física da Polícia Militar e na Academia de Polícia Militar do Barro Branco. Ingressou no curso de formação de soldados no ano de 1986, no 13º BPM-I. Em 1992, tornou-se aspirante a oficial e,no ano seguinte, 2º tenente. Passou por todas as patentes da carreira militar até chegar a tenente-coronel em 2017.

Em 13 de julho de 2017 assumiu oficialmente o comando do 13º Batalhão da Polícia Militar.