Início Destaques

Dentro da Santa Casa, mulher chama Policial Militar de “bosta” e vai presa (vídeo)

Mulher desacatou profissionais da Santa Casa e se irritou com a presença dos policiais militares, chamando-os seguidamente de bostas e bostinhas. Ela foi presa e algemada, mas liberada pelo delegado. Em liberdade voltou ao hospital e criou novo conflito.

5354
Mulher foi presa e algemada pelos policiais após uma série de ofensas

O caso ocorreu no domingo (19) mas começou a viralisar nesta segunda-feira pelas redes sociais mostrando o descontrole de uma mulher, ainda jovem, dentro da Santa Casa de Misericórdia em Araraquara. Acompanhante de uma paciente, a mulher além de alimentar, segundo consta de forma inconveniente quem ela tomava conta, também passou a cuidar de pessoas internadas dentro da unidade de saúde de maneira inapropriada.

A suposta enfermeira ou cuidadora chegou a dar café com açúcar para pacientes acometidos pelo diabetes e o fato chamou a atenção das enfermeiras da Santa Casa que chamaram sua atenção. Contudo, ela contestou e passou a agredir verbalmente as profissionais do hospital.

A mulher se ofendeu ainda mais quando foi solicitado que ela deixasse imediatamente a Santa Casa; novamente reagiu e disse que não sairia pois é pagadora de impostos e tinha o direito de permanecer no local cuidando de um familiar que está internado.

Inconformada com o transtorno da cuidadora o hospital decidiu chamar a Polícia Militar, quando também nos corredores – houve novo confronto da mulher, agora com os PMs. Seguidamente e de maneira desrespeitosa ela chamou um dos policiais de “bosta”, criando uma situação contrangedora.

No hospital, por quase 10 minutos as ofensas continuaram, sendo a mulher autuada por desacato e ofensas. Presa e algemada ela foi levada para à Delegacia de Polícia; após ser ouvida foi liberada, contudo voltou ao hospital para tirar satisfações com a enfermeira que havia chamado a polícia.

Dominada pelos próprios funcionários foi sedada, sendo novamente o fato comunicado à polícia.

ACOMPANHE AS OFENSAS DA MULHER CONTRA O POLICIAL