Início Destaques

Doria coloca Américo e Matão em estado de alerta por conta da Covid-190

Os dois municípios estão integrados à base territorial de Araraquara e a decisão de alerta independe da região e dos municípios que dela fazem parte. Em Matão, nesta sexta-feira foram anunciadas mais duas mortes e em Américo o seu hospital regional atingiu 100% dos leitos até então disponíveis.

9279
Hospital Regional de Américo Brasiliense

O Governador João Doria disse nesta sexta-feira (15) que Américo Brasiliense e Matão, além de outros 41 municípios do Estado de São Paulo a partir de agora estão em estado de alerta por conta da propagação do coronavírus. Américo faz parte da região de Araraquara e o anúncio se deu durante a entrevista coletiva que aconteceu na tarde desta sexta.

Ainda que Araraquara tenha estrutura para atender seus moradores, Américo, Matão e outras cidades independentemente da classificação de suas regiões, estão com ocupação hospitalar de pacientes graves com coronavírus acima de 80%. A recomendação do governo então é que as Prefeituras determinem a restrição total de atividades não essenciais para aliviar a pressão sobre hospitais públicos e particulares.

ESTADO DE ALERTA

Os municípios em situação de alerta são Américo Brasiliense, Amparo, Apiaí, Areias, Artur Nogueira, Avaré, Bauru, Birigui, Caçapava, Carapicuíba, Cruzeiro, Embu das Artes, Fernandópolis, Ferraz de Vasconcelos, Franca, Franco da Rocha, Ilha Solteira, Itapecerica da Serra, Itapetininga, Itaquaquecetuba, Itatiba, Jacareí, Mairiporã, Marília, Matão, Mogi das Cruzes, Novo Horizonte, Ourinhos, Paulínia, Pederneiras, Porto Feliz, Presidente Prudente, Promissão, Santa Cruz do Rio Pardo, São Manuel, Serrana, Socorro, Sorocaba, Tatuí, Taubaté, Tupã, Valinhos e Votuporanga.

Durante a coletiva o governador ressaltou que as decisões anunciadas, inclusive a colocação de municípios em estado de alerta “é uma medida preventiva e extremamente necessária neste momento para proteger vidas dos brasileiros em São Paulo. Há uma indicação clara que a pandemia acentuou essa segunda onda em nosso país. Nós temos que tomar medidas de cautela e prevenção para proteger vidas. É muito importante que a população tenha consciência disto. A situação vem se agravando a cada semana”, disse Doria.

O alerta dado a Américo e Matão, municípios próximos de Araraquara e integrantes da sua base territorial no que tange à Saúde Pública está ligado a ocupação de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI), destinados a pacientes com coronavírus. Isso está ocorrendo nos dois municípios.

O Hospital Carlos Fernando Malzoni, em Matão, por exemplo tem 83,8% de ocupação, o que representa um alto índice. Nesta sexta-feira inclusive Matão anunciou mais uma morte por coronavírus, sendo o terceiro dia seguido com óbitos, desta feita um idoso de 83 anos e de uma mulher de 77 anos, somando 35 mortes desde que a pandemia começou em março. Das duas mortes em Matão apenas uma foi contabilizada, já que a outra não era da cidade.

Já em Américo Brasiliense, o seu boletim relata 16 pessoas internadas e dos 1.125 casos positivados ao longo do período pelo menos 18 mortes foram registradas.