Início Destaques

Homens são os que mais compram pelo Instagram

Probabilidade desses usuários comprarem pelo Instagram é 10% mais alta. No entanto, 81% das mulheres compram de marcas que não conhecem, enquanto 75% dos homens dizem o mesmo

279
Homens compram três vezes mais computadores e produtos tecnológicos do que mulheres

Mais de um terço dos usuários do Instagram já compra direto pelos anúncios na plataforma. É o que a VidMob, plataforma de inteligência criativa, descobriu por meio de estudo realizado em parceria com a empresa de pesquisa mFour, em agosto deste ano.

A pesquisa aponta que a probabilidade de usuários do sexo masculino comprarem pelo Instagram é 10% mais alta do que entre as mulheres; no entanto, 81% delas compram de marcas que não conhecem, enquanto menos homens (75%) dizem fazer o mesmo.

Meninas da Geração Z (entre 16 e 19 anos) apresentaram a maior incidência de compras por meio de anúncios no Instagram, enquanto as entrevistadas entre 35 e 45 anos foram as que menos adotaram esse costume – menos de 40% delas declarou ter comprado algo por meio de anúncios na rede social.

Os produtos mais comprados tanto por homens quanto por mulheres são roupas, sapatos e acessórios, sendo os preferidos por cerca de 60% de mulheres e mais de 50% dos homens.

Homens compram três vezes mais computadores e produtos tecnológicos do que mulheres, que por sua vez adquirem três vezes maii produtos de beleza do que eles. Outras categorias populares são viagens, alimentos e ingressos de cinema.

“À medida que cresce a popularidade dos shoppable ads [anúncios que oferecem venda direta de produtos] e a funcionalidade Checkout, ainda em sua versão beta, o Instagram se transforma cada vez mais em um centro de compras,” afirma Stephanie Bohn, CMO da VidMob.

A pesquisa também mostra que o consumidor segue informado: antes de realizar a compra direta no Instagram, quase dois terços dos usuários buscam pesquisar mais sobre os produtos e marcas fora da plataforma e mais de 40% o fazem dentro da própria rede social.

Em termos de fatores que influenciam as compras, menos de 20% de todos os entrevistados dizem ter comprado algo após ver celebridades ou influenciadores no anúncio do Instagram. Segundo o relatório, mais mulheres do que homens veem o preço como principal fator de influência, enquanto os homens são 77% mais influenciados pela aparência dos anúncios do que as mulheres.

“Os consumidores têm se mostrado bastante dispostos a comprar de marcas que não conhecem se gostarem do anúncio. Isso significa que peças publicitárias que tenham um bom design podem ajudar a colocar marcas novas e tradicionais em pé de igualdade”, destaca a executiva.

Isso porque, do ponto de vista das empresas, chama atenção a possibilidade de conquistar novos públicos: 6 em cada 10 consumidores passaram a seguir uma marca que não conheciam no Instagram após encontrarem um anúncio da empresa do qual gostaram.

A atitude é mais comum entre pessoas do gênero feminino entre 16 e 19 anos, dentre as quais 77% declaram ter se tornado seguidoras de empresas após gostarem de um anúncio. Homens entre 35 e 45 anos são os que demonstram menos flexibilidade para seguir novas marcas, mas, ainda assim, mais da metade deles declara ter esse costume.

“Essas tendências estão presentes no mercado brasileiro e as marcas devem ficar bastante atentas à forma com que se comunicam em plataformas como o Instagram, que têm um impacto cada vez maior nas receitas das empresas. Com a chegada da VidMob no Brasil, buscaremos dar às marcas a habilidade de otimizar e mensurar a criatividade de forma que elas criem anúncios verdadeiramente impactantes, de alta performance”, diz Miguel Caeiro, head das operações latino-americanas da VidMob.