Início Cidade

Morre em Araraquara Irineu Francisco, nome importante do setor farmacêutico

Aos 90 anos de idade faleceu logo após o almoço em nossa cidade o farmacêutico Irineu Francisco, da Farmácia do Joãozinho e depois da Droga Sete, ambas no bairro do Carmo. Irineu fez história como profissional ético e amigo, simples e honrado, estimado por todo o bairro.

255
Irineu Francisco, lendário nome do setor farmácêutico em Araraquara

Araraquara perdeu nesta quarta-feira (18) um dos profissionais mais conceituados da área farmacêutica: Irineu Francisco, aos 90 anos, figura extremamente querida e respeitada, as vezes chamado de “doutor” pelo conhecimento profundo que tinha sobre saúde.

Irineu Francisco ou simplesmente “seo” Irineu, segundo seus amigos fincou raízes no bairro do Carmo dentro da Farmácia do Joãozinho, seu irmão (Farmácia Nossa Senhora do Carmo) que era muito procurada, inclusive por moradores de pontos distantes. Alguns o tratavam como o – médico da família tamanho era o seu conhecimento.

Farmácia Nossa Senhora do Carmo do Joãozinho, na Avenida 7 de Setembro com Rua Pedro Alvares Cabral ( Rua 10 ), em 1948

Anos mais tarde abriu em sociedade com Samuel Brasil Bueno a Droga Sete; com a saída de Samuel, Irineu seguiu em frente até 2002, se afastando por causa dos problemas de saúde. Nos últimos anos as dificuldades para se locomover foram se agravando, mas nele havia uma vontade incontida de viver, estampando no rosto um sorriso permanente.

Interior da farmácia com Joãozinho no atendimento ao cliente e atrás o pai de Joãozinho e Irineu

Mesmo assim permaneceu trabalhando e atendendo na Avenida 7 de Setembro esquina com a Rua Pedro Álvares Cabral, gente que vinha de todos os lados; conversava e orientava os funcionários que por muitos anos trabalharam com ele. Acabou se tornando uma figura lendária no bairro.

Em 2012 fez questão de ir votar (G1)

Casado com dona Ivete Haddad, Irineu Francisco, teve os filhos Vânia Maria e Fernando que lhes deram os netos Guilherme Pegler, Icaro Pegler e Gabriela Pegler, além de Michele Rampani Francisco.

Membro de uma das mais importantes famílias de Araraquara, era irmão de Irineu Francisco Júnior, Isaura, Antonio Moda, João Francisco, Alcides e Adelino, caçula da família que permanece em nosso convívio aos 84 anos de idade.

À família os sentimentos do RCIA ARARAQUARA.