Anunciado o apelido do bandido morto pela Polícia: “Zóio Verde”

O fato aconteceu pouco depois das 18h e logo juntou uma grande quantidade de curiosos que procuravam saber o que estava ocorrendo

1929

Dentro de um apartamento numa das alas residenciais do Jardim Paraíso, pouco depois das 18h, policiais militares reagiram aos tiros dados por um procurado pela Justiça e acabaram matando o individuo que só teve sua identificação revelada três horas depois pois portava documentos falsos.

O fato provocou a curiosidade dos moradores do prédio que logo saíram das outras unidades para saber o que estava ocorrendo. Segundo consta a polícia já estava seguindo os passos do homem há alguns dias e em algumas oportunidades teria escapado do cerco. Também nesta terça-feira (10) ele teria se escondido num dos apartamentos quando os militares chegaram para a abordagem. Contudo, segundo consta, os policiais já teriam sido recebidos a tiros. Nessa o procurado levou a pior.

ZÓIO VERDE CHEGA AO FIM

Procurado pela Justiça, bandido que nasceu em dezembro de 1972, estava envolvido nos artigos 157, 288,147, 129,157, 288, 147, 129. Após ser baleado, a polícia encontrou com ele o documento de identidade falsa. Seu apelido, segundo informações obtidas pelo RCI – Zóio Verde.

Movimentação no Jardim Paraíso no começo da noite desta terça