Início Destaques

Polícia fecha fábrica clandestina que falsificava cerveja em Ibaté

Os "funcionários" usavam uma cerveja do estado do Paraná, fabricada em Londrina, de nome Spoller e colocam rótulos e tampinhas de marcas famosas como Brahma, Skol, Antártica e outras marcas.

356
Todos que estavam no barracao acabaram sendo presos e levados para São Carlos

Na tarde desta segunda-feira (22), equipes da Polícia Militar, Guarda Municipal e Prefeitura Municipal descobriram uma fábrica que falsificava cerveja na cidade de Ibaté.

PMs tomaram conhecimento que um casal de Ibaté teria sido preso no estado de Goiás com uma carga de cerveja falsificada e descobriram que a produção acontecia em um barracão na rua Ezio Morganti, no Distrito Industrial, em Ibaté. No local os policiais encontraram uma verdadeira linha de produção com 18 pessoas trabalhando.

Os “funcionários” usavam uma cerveja do estado do Paraná de nome Spoller e colocam rótulos e tampinhas de marcas famosas como Brahma, Skol, Antártica e outras marcas.

Cerveja pronta para ser distribuída com rótulos de marcas famosas

A vigilância sanitária do município aplicou várias multas e a fiscalização realizou o mesmo procedimento. Após realizada a perícia, alguns exemplares de bebidas e outros materiais foram apreendidos.

A ocorrência foi apresentada no plantão  policial de São Carlos, onde o delegado Marco Aurélio e o investigador Lúcio Valenti lavraram o auto de prisão em flagrante dos 17 envolvidos maiores de idade.

Colaboração: São Carlos Agora