Home Destaques

Trabalhador morre ao despencar de uma altura de 10 m no prédio do CEAR em Araraquara

De acordo com a administração o espaço teria sido locado a terceiro não tendo assim qualquer vínculo com o caso

1
Trabalhador chegou a ser levado para a Santa Casa, porém morreu horas depois

O trabalhador Renan Altino Bressan, 48 anos de idade, morreu nesta segunda-feira (20) ao cair de uma altura de aproximadamente 10 metros; ele estava executando alguns serviços para uma empresa no pavilhão do antigo CEAR (Centro de Eventos de Araraquara e Região).

De acordo com a administração o espaço teria sido locado a terceiro não tendo assim qualquer vínculo com o caso; o trabalhador ainda consciente chegou a ser atendido por uma Unidade de Resgate e, embora tenha recebido todos os cuidados, horas depois veio a falecer.

A empresa Revee em nota chegou a dizer que se colocava à disposição das autoridades competentes para apuração dos fatos, como também dos familiares, lamentando o ocorrido. As investigações vão se desdobrar no sentido de se observar – se o trabalhador usava equipamentos de segurança para evitar qualquer tipo de acidente.

A Revee em sua nota reitera que não possui qualquer vínculo contratual com a empresa contratada para prestação do serviço, uma vez que o local em que ocorreu o acidente havia sido locado a terceiro. “Por fim, reiteramos nosso compromisso com os esclarecimentos dos fatos”, conclui.

Renan teve o seu corpo liberado nesta manhã para o sepultamento que aconteceu na tarde desta terça-feira (21), no Cemitério São Bento.