Início Esporte

Nos pênaltis, Ferroviária é eliminada pelo Cianorte na Série D

55
cianorte ferroviaria cachorro

 

Jogando na tarde deste domingo, a Ferroviária e Cianorte empataram mais uma vez por 0 a 0, mas o Leão do Vale levou a melhor nos pênaltis, vencendo por 4 a 3, eliminando a Locomotiva da Série D do Brasileirão.

Pela Ferroviária, Léo Castro, Roberto Pitio e Dedê Costa marcaram, enquanto Raúl e Gabriel Leite desperdiçaram as suas cobranças. Já o Cianorte converteu as suas cobranças com Tom, Frontini, Weriton e Rodrigo Alves, garantindo o time paranaense nas oitavas de final da competição.

Agora, o time de Araraquara volta às suas atenções para a Copa Paulista. Na quarta-feira, a equipe enfrentará o Mirassol, às 19h, no estádio José Maria de Campos Maia, fora de casa.

O JOGO

Aos seis minutos, a Locomotiva chegou ao campo de ataque. Em cobrança de falta pelo lado direito, Cristian levanta bola na área, Hygor ajeita para cabecear, mas a zaga se antecipa e manda para escanteio.

Um lance curioso aconteceu aos 16 minutos. Quando o Cianorte atacava, um cachorro invadiu o gramado e o árbitro não paralisou o jogo. Na sequência, Wersley recebeu na esquerda e mandou um chute forte, rasteiro, mas Gabriel Leite fez grande defesa. Após o lance, o árbitro paralisou o jogo para que o cachorrinho fosse removido de campo.

Já aos 36 minutos, mais uma chegada perigosa do time de Araraquara. Daniel finta dois e rola para Dedê Costa chutar rasteiro. A bola desvia no zagueiro e passa raspando a trave esquerda de Bruno, saindo para escanteio.

No fim do primeiro tempo, aos 43, mais uma chance de perigo. Daniel toca para Hygor na entrada da área e ajeita para Léo Castro. O atacante ajeita e chuta no ângulo direito. A bola passou muito perto do gol, saindo pela linha de fundo.

Na segunda etapa, a Ferrinha voltou pressionando. Aos oito minutos, Roberto Pitio, que entrou no lugar de Cristian, chutou rasteiro, Bruno espalmou e Dedê Costa se chocou com o goleiro. O árbitro acabou dando falta de ataque.

Aos 12 minutos, o Leão do Vale respondeu. Após cobrança de escanteio, Wesley pega de primeira de fora da área, a bola desvia na zaga e passa raspando o poste esquerdo de Gabriel Leite, saindo para escanteio.

O jogo ficou aberto e a Ferroviária em quem mais ameaçava o time paranaense.

Já aos 43, a Locomotiva por pouco abre o placar. Em cobrança de escanteio pelo lado direito, Raniele sobe mais que a zaga adversária e desvia de cabeça, mas a bola se perde pela linha de fundo.

O Cianorte apareceu no ataque novamente aos 45 minutos. Tom levanta bola na área, Frontini cabeceia, mas a bola foi no meio do gol para fácil defesa de Gabriel Leite.

No contra-ataque, Raul é lançado, sai de frente para o gol, toca a bola com a cabeça tentando encobrir o goleiro Bruno, mas ele fica com a bola, se chocando com o atacante grená.

Outro ataque perigoso do Leão do Vale aconteceu aos 48 minutos. Weriton recebe pela direita e chuta de fora da área. Gabriel Leite faz grande defesa e manda bola para escanteio.

Com o termino do tempo normal, a partida foi decidida nas penalidades.

Pela Ferroviária, Léo Castro, Roberto Pitio e Dedê Costa marcaram, enquanto Raúl e Gabriel Leite desperdiçaram as suas cobranças. Já o Cianorte converteu as suas cobranças com Tom, Frontini, Weriton e Rodrigo Alves, garantindo o time paranaense nas oitavas de final da competição.

FICHA TÉCNICA

CIANORTE (4)0X0(3) FERROVIÁRIA
Local: Estádio Albino Turbay
Data/Horário: Domingo, 23 de junho de 2019, às 16h
Arbitragem: Christiano Gayo Nascimento (DF), auxiliado por José Ricardo Nascimento Júnior (DF) e Daniel Henrique da Silva Andrade (DF)
Público:  911 / 979
Renda: R$14.825,00
Cartões amarelos:  Calabres, Guioto (Cianorte); Daniel, Caíque (Ferroviária)

Cianorte – Bruno; Weriton, Breno, Maurício e Willian; Gercimar, Calabres (Guioto), Tom e Filipe Ramón; Madalena (Rodrigo Alves) e Wesley (Frontini). Técnico: Bolívar

Ferroviária – Gabriel Leite; Marcos Ytalo, Raniele, Luís Felipe e Arthur; Daniel, Clayton (Caíque) e Cristian (Roberto Pitio); Dedê Costa, Léo Castro e Hygor (Raúl). Técnico: Vinícius Munhoz