Início Esporte

Em crise, Corinthians decide dispensar funcionários e parte de atletas da base

Categorias de base será a mais afetada do clube durante a pandemia do coronavírus (COVID-19)

52
Crédito: Divulgação

Nas últimas semanas, o quadro financeiro financeiro se agravou e o Corinthians começará uma série de demissões para preservar o seu caixa para o restante do ano.

Mesmo o presidente Andrés Sanches ter confirmado que não demitira nenhum funcionário, a crise financeira causada durante a pandemia do coronavírus (COVID-19) acabou se agravando, tanto que o clube teve que parcelar os salários e férias de alguns destes funcionários.

De acordo com o Globoesporte.com, os cortes irão se iniciar nas categorias de base. Como a Federação Paulista de Futebol deve cancelar boa parte de seus campeonatos, tendo apenas a expectativa de realização do Sub-20, a diretoria alvinegra planeja enxugar a folha salarial, podendo unificar apenas as categorias Sub-14 com a Sub-15. O Sub-23 também deve ter funcionários e jogadores dispensados.

Outras modalidades devem sofrer baixas, como a equipe masculina de basquete, esportes aquáticos e terrestres.

Recentemente, o Corinthians já havia anunciado a redução entre 50% e 70% dos salários de seus empregados, e 25% do time profissional, baseada na Medida Provisória 936 editada pelo governo, para enfrentar a crise durante a pandemia do coronavírus.