Início Esporte

Estádios de São Paulo não terão presença de público durante pandemia

Governador João Dória disse que não há possibilidades da abertura dos locais durante a fase amarela e verde do Plano São Paulo de flexibilização, durante a pandemia do coronavírus

23
Governador João Dória vetou a presença de público nos estádios - Crédito: Divulgação

A presença de público nos estádios do estado de São Paulo não será permitida durante a pandemia do coronavírus. A decisão foi tomada ontem e confirmada nesta quarta-feira pelo Governo do Estado, em reunião com Centro de Contingência ao Coronavírus.

De forma unânime, o comitê decidiu vetar esta possibilidade mesmo nas fases amarela e verde durante o plano de retomada gradual das atividades econômicas, pois entendem que o estado continua em calamidade.

“Toda a orientação relativa às medidas do Plano São Paulo só será adotada pelo governo quando aprovada pelo comitê. Aqui em São Paulo não há pressão política, econômica, partidária e do esporte. Há vida, existência e proteção aos brasileiros que estão em São Paulo”, declarou o governador de São Paulo, João Dória.

Já o coordenador do Centro de Contigência, João Medina, entende que acontecendo o evento esportivo desta magnitude, ainda mais com a presença de público dos mais diversos locais do estado e também do Brasil, ajudaria a disseminação da doença.

O veto acontece justamente quando a CBF anunciou que se reunirá com os representantes dos clubes da Série A do Campeonato Brasileiro sobre a abertura dos estádios com ocupação de 30% de suas capacidades.

Com informações do UOL