Home Esporte

Liga Forte Futebol aprova oferta inicial e negocia com fundo americano

Articulação do investimento foi feita pela XP Investimentos; LFF é a principal concorrente da LIBRA, que conta com clubes do futebol de São Paulo e Rio de Janeiro

75
Crédito: Fernando Torres/CBF

A Liga Forte Futebol aprovou, por unanimidade, uma proposta inicial de um fundo de investimentos americano. A oferta foi apresentada pela XP Investimentos.

A intenção do projeto LFF é seguir com um modelo “Premier League”, o Campeonato Inglês, com as fatias das receitas mais igualitárias.

O portal ge informou que a proposta rivaliza com os US$ 900 milhões de dólares oferecidos a Libra (Liga do Futebol Brasileiro), feita pela Mudabala Capital, dos Emirados Árabes.

De acordo com a LFF, os clubes que estiverem ligados a LIBRA poderão participar, mas que terão que aceitar as propostas igualitárias.

A criação da LFF conta com 26 times de vários estados (ABC, Athletico-PR, Atlético-MG, América-MG, Atlético-GO, Avaí, Brusque, Chapecoense, Coritiba, Ceará, Criciúma, CRB, CSA, Cuiabá, Figueirense, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Internacional, Juventude, Londrina, Náutico, Operário, Sport, Vila Nova e Tombense.), enquanto a Libra tem a presença de clubes de São Paulo e Rio de Janeiro (com exceção do Fluminense), além de Cruzeiro, Grêmio, Guarani, Ituano, Mirassol, Novorizontino, Ponte Preta, Red Bull Bragantino, Sampaio Corrêa e Vitória, mas que mostraram propostas diferentes na questão de obter receitas, dependendo de cada clube.

Confira a nota publicada:

“A Liga Forte Futebol (LFF) aprovou, por unanimidade, em Assembleia Geral Extraordinária, com a presença de todos os clubes, a proposta de investimento de um grupo de investidores, apresentada pela XP Investimentos.

A proposta aprovada é válida para os clubes da LFF de forma independente e também para uma eventual liga única de 40 clubes, caso ocorra uma unificação.

A expectativa da LFF é de conclusão de toda a negociação de investimento em até 90 dias.

A LFF reafirma sua crença de que a distribuição equilibrada das receitas é o ponto de partida para criarmos uma liga forte no Brasil. O maior exemplo de sucesso do mundo é a Premier League, em que a diferença de receita entre o maior e o menor clube é de 1,5x. Não por acaso, a Liga Inglesa é a que gera maiores receitas e teve o maior número de craques na Copa do Mundo do Catar. É nos exemplos positivos que a Liga Forte Futebol continuará a mirar para que a liga brasileira se torne uma das 3 maiores do mundo. Também na reunião de hoje foi formalizado o ingresso do ABC Futebol Clube no grupo da LFF.”