Início Esporte

Pela 1ª vez, AFE de Vinícius Munhoz sofre três gols em uma partida

Equipe acumula cinco jogos sem vitória; último triunfo aconteceu em agosto

196
Locomotiva vem de série negativa dentro da Copa Paulista - Crédito: Jonatan Dutra / Ferroviária S/A

Sem vencer na segunda fase da Copa Paulista, a Ferroviária ainda não encontrou o futebol apresentado na primeira fase da competição. E a sequência não tem sido muito boa.

Na derrota para o Burro da Central por 3 a 2, foi a primeira vez que sob o comando de Vinícius Munhoz a Locomotiva sofreu três gols em mais de um ano de trabalho, somando Copa Paulista, Paulistão e Brasileiro Série D.

“É difícil ser competitivo depois de perder a intensidade, principalmente na marcação, como nós perdemos na metade do segundo tempo. Ali, eu vi que ficamos muito confortáveis depois de ter conseguido a virada diante de uma equipe muito experiente que não diminuiu o seu ímpeto. Com a desvantagem no placar, foi pra cima e conseguiu igualar diante da nossa passividade de marcação e depois conseguindo a virada”, disse o técnico após o revés.

A última vez que o clube tomou três gols em uma partida aconteceu no dia 27 de maio de 2018, quando Bruno Pivetti era o treinador (assumiu a vaga deixada por PC Oliveira) na derrota para o Novo Hamburgo por 3 a 1, na fase de grupos do Brasileiro Série D.

Além disso, a equipe chegou ao quinto jogo sem vencer, sendo três empates (Linense, na primeira fase; Atibaia e São Bernardo na segunda) e duas derrotas (Comercial na primeira fase e Taubaté na segunda), acumulando mais de um mês sem saber o que é uma vitória.

O último triunfo grená aconteceu no dia 3 de agosto, quando venceu, fora de casa, o Votuporanguense por 3 a 2. A última vitória na Fonte Luminosa foi no dia 29 de julho, quando bateu o Mirassol por 1 a 0.

Terceira colocada do Grupo 5 com apenas dois pontos, a Ferroviária volta a encontrar o Taubaté já neste sábado, às 18h, na Fonte Luminosa, pela abertura do returno da segunda fase da Copa Paulista.