Início Esporte

São Paulo e Palmeiras empatam em jogo isolado desta sexta-feira

Com o resultado, Tricolor dá adeus a possibilidade de conquistar o título do Campeonato Brasileiro

20
Crédito: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Em um clássico disputado com muita intensidade, São Paulo e Palmeiras empataram por 1 a 1, no estádio do Morumbi, na capital paulista, em jogo atrasado da 34ª rodada do Brasileirão. O São Paulo abriu o placar com Luciano, mas Rony, nos acréscimos do segundo tempo, deixou tudo igual.

O empate põe fim as chances do São Paulo de brigar pelo título brasileiro. Isso porque o Tricolor aparece em terceiro lugar com 63 pontos. Está há seis pontos do líder Internacional (69) e há cinco do segundo colocado Flamengo (68). Faltam duas rodadas para o término do campeonato.

Já o Palmeiras, que apenas cumpre tabela no Brasileirão, ficou com 57 pontos, em sexto lugar. O foco do time comandado por Abel Ferreira é a decisão da Copa do Brasil diante do Grêmio.

Mesmo com chances de título, o São Paulo esteve muito longe de merecer algo a mais no clássico diante do Palmeiras. Aliás, os dois times pouco demonstraram para tirar o zero do placar no primeiro tempo, que contou com muitas faltas e poucas oportunidades de gol.

Sem inspiração, restou aos dois times reclamarem da arbitragem na primeira etapa. Aos 15 minutos, Viña cruzou na área para Luiz Adriano, mas o goleiro Tiago Volpi se antecipou e fez a defesa. Porém, o centroavante palmeirense ficou reclamando de um puxão do zagueiro Bruno Alves, lance que foi revisado pelo VAR e nada marcado.

O Palmeiras conseguiu ser ligeiramente melhor que o rival no Morumbi. William e Luiz Adriano foram os que mais arriscaram de fora da área para tentar surpreender, já que as tentativas de entrar na área com toque de bola foram completamente frustradas pela forte marcação do São Paulo.

O time do Morumbi, por sua vez, resolveu chutar a gol apenas aos 47 minutos. Após falha de Patrick de Paula, Juanfran cruzou na área, Igor Gomes dominou e finalizou por cima do travessão.

Na etapa final os times arriscaram um pouco mais, só que continuaram abusando das faltas. Aos dez minutos, Felipe Melo aproveitou cobrança de escanteio e finalizou nas mãos de Tiago Volpi. A resposta do São Paulo veio aos 11, quando William saiu jogando errado, Tchê Tchê avançou e chutou pela linha de fundo.

Aos 25 minutos, Toró tentou cruzamento pelo lado esquerdo e a bola bateu na mão do lateral Mayke. O árbitro assinou pênalti para o São Paulo após consulta no VAR. Aos 28, Luciano foi para a cobrança e mandou no ângulo do goleiro Weverton, que caiu para o canto oposto.

Atrás no placar, o Palmeiras foi para o tudo ou nada. Aos 37 minutos, Rony recebeu ótimo lançamento, mas se enrolou com a bola e desperdiçou chance importante.

Contudo, aos 47 o atacante palmeirense não desperdiçou. O jogador dominou, cortou para a perna direita e finalizou. A bola desviou no volante Luan, enganou Tiago Volpi e foi parar no fundo das redes, dando números finais ao jogo.

O São Paulo volta a campo na segunda-feira (22) para enfrentar o Botafogo, às 20h, no Engenhão, no Rio de Janeiro. Já o Palmeiras, no mesmo dia receberá o Atlético-GO, às 18 horas, no Allianz Parque.

Com informações da FPF.org.br