Início Destaques

Fora de casa, Ferroviária vence o Cruzeiro pelo Brasileiro Feminino

Em gol com ajuda de assistente, Guerreiras Grenás engatam a segunda vitória seguida e ficam provisoriamente na terceira colocação

29
Crédito: Carol Melo / Ferroviária S/A

Na noite desta quarta-feira, a Ferroviária foi até Belo Horizonte encarar o Cruzeiro e venceu pelo placar de 1 a 0, em partida realizada no Sesc Alterosas, pela 10ª rodada do Brasileiro Feminino.

O único gol da partida foi marcado por Patrícia Sochor aos 32 minutos do primeiro tempo, decretando assim a segunda vitória seguida na competição.

Com o resultado, as Guerreiras Grenás sobem provisoriamente para a terceira colocação, somando agora 19 pontos, enquanto as Cabulosas permanecem na 11º posição com 13 pontos ganhos.

A nota triste do jogo ficou por conta da contusão da atacante Chu ainda no primeiro tempo. A jogadora levou a mão na parte posterior da coxa direita e precisou ser substituída.

Na próxima rodada, a Ferroviária recebe o Iranduba, domingo, às 17h, na Fonte Luminosa, enquanto o Cruzeiro enfrentará o Internacional, também no domingo, às 15h, Sesc Campestre, em Porto Alegre.

O JOGO

As Guerreiras Grenás quase abriram o placar logo aos três minutos. Chu fez grande jogada pela direita, cruzou na medida para Daiane, que finaliza, mas Mary Camilo fez grande defesa.

Dez minutos depois, foi a vez das Cabulosas responderem. Em contra-ataque rápido, Aline Milene perdeu o tempo de bola e Vanessa partiu do meio de campo até a grande área e chutou cruzado, mas Luciana fez bela defesa.

A partida se tornou equilibrada em boa parte do primeiro tempo, porém, aos 24 minutos, Chu, que havia acabado de retornar da seleção brasileira, acabou sentido a parte posterior da coxa direita e precisou ser substituída, dando lugar para Nenê.

Aos 32 minutos, a Ferroviária abriu o placar. Depois de confusão na área, a bola sobrou para Sochor, que soltou uma bomba de dentro da área. A bola bateu na trave e quicou dentro do gol. A assistente um, Suellen das Graças Gonçalves Silva, é quem validou o lance: 1 a 0.

Na segunda etapa, as Cabulosas foi para cima em busca do empate. Aos oito minutos, Mariana recebe dentro da grande área, ganha de Luana na marcação e chuta forte, mas Luciana faz grande defesa, caindo para o lado esquerdo, e mandou a bola para escanteio.

Com a equipe mineira saindo mais para o jogo, a Locomotiva tentava se aproveitar dos espaços deixados e conseguia chegar com perigo.

Aos 17, Carol Tavares cruza da direita e Aline Milene pega de primeira, mas a bola passa perto do gol de Mary Camilo.

No minuto seguinte, mais uma chance desperdiçada. Aline Milene tenta cruzamento, mas a bola desvia e chega para Daiane, que cabeceia e a bola passa mais uma vez perto do gol.

Sem criatividade, o Cruzeiro não conseguia chegar com perigo e a Ferrinha soube administrar mais a posse de bola.

Aos 46 minutos, em cobrança de falta, Barrinha levanta na área, Ludmila cabeceia, a bola raspa o travessão e se perde pela linha de fundo.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 0x1 FERROVIÁRIA
Data/horário: quarta-feira, 23 de setembro de 2020, às 20h30
Local:
Sesc Alterosas, em Belo Horizonte/MG
Arbitragem: Andreza Helena Siqueira, auxiliado por Suellen das Graças Gonçalves Dias e Glaucia Faria Paula
Cartões amarelos: Rafa Andrade e Andreia Rosa (Ferroviária)
Gols:
Sochor (aos 32′ do 1T) para a Ferroviária

Cruzeiro – Mary Camilo; Janaína, Mayara, Jajá e Eskerdinha; Capelinha, Tatá (Carol), Dedê (Duda) e Vanessa (Thamirys); Micaelly (Patrícia) e Mariana. Técnico: Jorge Victor

Ferroviária – Luciana; Carol Tavares, Andreia Rosa, Luana e Barrinha; Maglia (Monalisa), Rafa Andrade (Sâmia), Daiane e Aline Milene (Elisa); Chu (Nenê) e Sochor (Ludmila). Técnica: Tatiele Silveira