Início Ferroviária

Grande investidor comprará as ações da Ferroviária Futebol S/A

A informação foi divulgada pelo repórter, Rodrigo Viana, durante o programa "Bem Bolado", na Rádio Morada

584
Crédito: Reprodução

Os bastidores da Ferroviária devem ficar agitados nos próximos dias ou até mesmo nas próximas horas. O clube deverá ter, em breve, um novo acionista dentro de sua sociedade anônima.

A informação foi dada pelo repórter Rodrigo Viana durante o programa “Bem Bolado”, da Rádio Morada, na noite desta terça-feira.

De acordo com o jornalista, um investidor, no qual teve a sua identidade preservada, chega em Araraquara nesta quarta-feira para a aquisição de mais de 50% das ações do clube, se tornando assim o principal dono da Ferroviária Futebol S/A, querendo a equipe na Série B do Brasileiro entre três ou cinco anos, além da construção de um moderno CT.

Meses atrás, em entrevista ao programa Balanço Geral, da Rádio Cultura, o presidente da Locomotiva, Carlos Salmazo, confirmou que o clube estava em conversas com o renomado empresário Giuliano Bertolucci, sobre um possível investimento nas categorias de base e na construção do próprio CT. De acordo com Viana, o investidor seria outra pessoa, e não Bertolucci.

Nas últimas semanas, a S/A passou por uma auditoria para saber se estava tudo “no azul” para que pudessem fazer este grande investimento, no qual não teve quantia revelada.

No fim de setembro, logo após o jogo entre Ferroviária e Atibaia, pela Copa Paulista, o diretor de futebol, Roque Júnior, ficou cerca de três semanas fora de Araraquara,  inclusive com viagem à Europa, aumentando ainda mais os rumores de que algo estava acontecendo nos bastidores do clube.

Como é de praxe, o clube não se manifesta durante o andamento de uma negociação, seja ela envolvendo acionistas, diretores ou jogadores.

CLUBE-EMPRESA

No próximo dia 11, a Ferroviária completará 16 anos desde a instituição do clube-empresa Ferroviária Futebol S/A, que administra o futebol do clube criado em 12 de abril de 1950.

Na época, liderada por Welson Alves Ferreira Júnior, o Juninho, o time iniciou disputando a Série B1 do Paulista 2004 – hoje a Segunda Divisão – onde conquistou o acesso para a Série A3.

Em 2006, a S/A alcançaria o seu primeiro título com a Copa Paulista, ganhando a final sobre do Bragantino, em Bragança Paulista, ficando com a vaga para a Copa do Brasil 2007.

No ano seguinte, alcançaria o acesso para a Série A2, mas amargaria o rebaixamento novamente à A3 em 2009.

Já em 2010, alcançou novamente o acesso e, depois de 19 anos, alcançaria o título da Série A2 e a vaga para o Paulistão, em 2015.

Além dos acessos, a equipe conquistou mais uma Copa Paulista, em 2017, sendo vice em 2016 e 18, e voltou a disputar a Copa do Brasil 2016 e 17, o Brasileiro da Série D 2018-19 e tem vaga garantida em 2020.

Formado por um grupo de acionistas, a Sociedade Anônima pode estar prestes a passar pela sua maior reformulação desde o seu surgimento, ainda mais com o clube ostentando a elite paulista e sempre sonhando com vôos mais altos.