Início Ferroviária

Na busca pela classificação, Ferroviária recebe o Taboão pelo Paulista Feminino

Antes de confronto contra o Palmeiras, Guerreiras Grenás tentam se manter embalada dentro do estadual

50
Crédito: Tiago Pavini / Ferroviária S/A

A Ferroviária pode garantir uma das vagas para a próxima fase do Paulista Feminino na tarde deste domingo. A equipe recebe o Taboão da Serra, às 18h, na Fonte Luminosa, pela terceira rodada da competição.

Na liderança do Grupo 1 com seis pontos ao lado do São Paulo, as Guerreiras Grenás vêm de vitória sobre o Red Bull Bragantino e se repetir a dose diante do CATS, assegura a equipe no mata-mata da competição.

Já o Taboão vem de uma goleada sofrida de 29 a 0 para o São Paulo. Após a partida, a capitã Nini fez um desabafo emocionante sobre a falta de apoio do clube e das condições que as jogadoras têm sofrido, sem contar o tempo de preparação inadequado do elenco para o início da competição.

A treinadora grená, Tatiele Silveira, falou sobre este acontecimento e o que espera desta partida na Fonte Luminosa.

– Infelizmente, tivemos essa situação. Mostra que precisamos evoluir dentro do futebol feminino, temos algumas equipes em crescimento. Queremos de certa forma colaborar e entendemos a situação do Taboão, mas estamos em meio a uma competição importante. Vamos analisar todos esses conceitos do Taboão da Serra, pois a Ferroviária tem um jogo em casa diante deste adversário. Dentro da medida do possível, vamos colaborar com todas as iniciativas para um incentivo em meio a estes momentos. Agora, temos que pensar jogo a jogo. Envolve muitas situações, mas tem que ter a cabeça no lugar para desenvolvermos o nosso trabalho – contou a treinadora na última coletiva.

Para este confronto, a equipe da Locomotiva pode ir mesclada para campo, pensando também no confronto da próxima quarta-feira, diante do Palmeiras, pelo primeiro confronto das quartas de final do Brasileiro Feminino.

A arbitragem ficará por conta de Everton Araújo de Oliveira, auxiliado por Veridiana Contiliani Bisco e Denival da Silva Pereira.