Início Destaques

Parte dos funcionários da Embraer em férias remuneradas até 31 de março

Medida anunciada pela empresa começou a vigorar nesta segunda-feira; nos próximos dias a Embraer vai reavaliar a situação

57
Embraer diz em nota que "a principal prioridade da empresa continua sendo a saúde e a segurança de seus funcionários, clientes e outros colaboradores"

A construtora aeronáutica brasileira Embraer informou que decidiu colocar os seus funcionários, que não podem exercer remotamente as suas atividades profissionais, em férias remuneradas temporárias até 31 de março de 2020. Esta medida está sendo adotada para garantir a saúde e bem-estar dos colaboradores da empresa que continuará com algumas atividades essenciais em operação.

Os funcionários que estavam trabalhando em casa continuarão trabalhando remotamente. Essa medida abrange todas as unidades da Embraer no Brasil. A construtora está avaliando também a situação nos outros países em que atua.

Nos próximos dias, a administração da Embraer analisará a situação e, juntamente com o governo local e representantes sindicais, tomará a decisão mais adequada para proteger os seus funcionários contra o contágio pelo novo coronavírus e, ao mesmo tempo, proteger os seus negócios, de maneira que todas as partes sofram o menor impacto possível.

“A principal prioridade da Embraer continua sendo a saúde e a segurança de seus funcionários, clientes e outros colaboradores”, destaca o comunicado distribuído no domingo, dia 22 de março.