Início Polícia

Laudo do IML revela que homem morreu asfixiado na casa da cuidadora

Polícia inicia o trabalho de investigação para saber quem entrou na casa, durante ausência da cuidadora e matou o idoso

109
Idoso morava na casa da cuidadora por não ter parentes na cidade

Após autópsia realizada no corpo de Jorge Pires Bueno, 66 anos, o IML emitiu nesta tarde de domingo (17), um laudo concluindo que a morte ocorreu por asfixia mecânica.

ENTENDA O CASO

Jorge morava em Ibaté, e segundo informações, era acamado, necessitando de cuidados, mas não tinha familiares na cidade, por isso morava com sua cuidadora, que saiu durante a noite deste sábado e madrugada de domingo, deixando-o sozinho.

Quando ela voltou, encontrou o portão da casa aberto e o idoso morto, com hematomas no rosto.

A cuidadora acionou a Polícia Militar, que registrou a ocorrência, enquanto uma ambulância encaminhou o corpo ao hospital de Ibaté e depois a funerária o conduziu ao IML.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Colaboração: São Carlos Agora