Início Destaques

Democratas decidem apoiar Coca Ferraz nas eleições de novembro

Coca Ferraz (PSL) passa a contar com os principais partidos políticos do centro-direita para disputar o pleito em novembro. Falando ao RCIA, o presidente do PSL, Marcos Custódio disse que a chegada do Democratas representa o fortalecimento do grupo na disputa direta com o governo do PT.

138
Coca Ferraz tem o apoio dos maiores e mais tradicionais partidos políticos de Araraquara até aqui

Após acenar num primeiro momento para apoiar o pré-candidato a prefeito Luís Cláudio Lapena Barreto, do Patriota, nas eleições de novembro (15), o Democratas decidiu nesta sexta-feira (29) mudar sua direção. Após reunião o partido aceita compor com outras cinco agremiações para apostar no candidato do PSL, Coca Ferraz.

Com uma aliança muito forte e com os partidos de centro-direita mais conhecidos no município MDB, PSDB, Cidadania, Avante e agora o Democratas, o grupo entende que – é possível fazer frente e superar o regime de esquerda comandado pelo atual prefeito Edinho Silva.

Ainda que a tentativa do Patritota (Lapena) e Podemos (Coronel Prado) fosse conseguir o apoio do Democratas é verdade que o partido se inspirou no que foi comentado pelo presidente Marcelo Caramuru, na semana passada, tão logo houve a publicação da notícia sobre suposto apoio do Democratas a Lapena. Na oportunidade Caramuru já havia antecipado: “Como somos democratas a minha conduta como presidente da nominata é que cada um tenha sua posição, democraticamente, que deverá ser consolidada em uma única decisão ainda esta semana. A decisão poderá até ser de independência, já que nosso pensamento é de uma nova política”.

E foi o que realmente aconteceu nesta sexta-feira quando o Democratas esteve reunido para definir que caminho tomaria nas eleições municipais. Os diálogos entre Coca Ferraz e Marcelo Caramuru já vinham acontecendo há várias semanas, pois ambos vinham discutindo propostas técnicas dentro de um programa de governo bem arrojado e diferente do que vem sendo aplicado. Afinal, ambos são profissionais da área de engenharia.