Início Destaques

Em quem você vai votar daqui a 18 meses?

Começou o ZumZumZum de nomes para as eleições de 2022

79

De olho nas eleições de 2022

Daqui a 18 meses haverá eleições no Brasil para a escolha de presidente, governadores, senadores e deputados federais e estaduais. E a corrida já começou. Partidos e potenciais candidatos começam a se aproximar para chegar forte no ano que vem. Em Araraquara, PT, MPB e PSDB vêm trocando carícias há alguns meses. Porsani saiu do PSDB para compor o secretariado de Edinho. Massafera esteve na posse do atual prefeito. E Boi mantém relação estreita com o chefe do Executivo. Qual será a intenção dessa “coalizão”?

Para deputado estadual…

Alguns nomes já são tidos como certos para a disputa de uma vaga na Assembleia Legislativa de São Paulo. Nesta semana, o engenheiro Roberto Massafera se colocou à disposição do PSDB para concorrer a deputado estadual, cargo que ocupou por três mandatos. Ele condiciona sua participação à vinda de recursos do Fundo Partidário para viabilizar sua candidatura. Dentro da legenda, ele pode encontrar pelo caminho Edna Martins, coordenadora de Políticas para a Mulher da Secretaria da Justiça e Cidadania, que já concorreu a essa vaga em outras eleições. Quem terá o apoio do governador Dória?

Mais nomes

Muitos outros nomes já consideram entrar na disputa. Entre eles, os ex-candidatos a prefeito Coronel Adalberto (Republicanos), que tem bom alcance em toda a região, já que foi comandante do 13º Batalhão de Polícia,  e Dr. Lapena (Patriota), que teve boa votação para prefeito e também mostrou potencial na região quando foi candidato a federal. Ambos contam com o apoio da direção estadual de suas respectivas legendas. Fato é que se tivermos muitos nomes para deputado, sobretudo estadual, ninguém entra.

Enquanto isso, no PT…

Há quem diga que o prefeito Edinho Silva (PT) estará no pleito, mas para federal ou até governador do Estado de São Paulo. Visibilidade ele está tendo nessa pandemia, com espaço na mídia em todo o País. Amado por uns, odiado por outros, ele segue sua trajetória de liderança no Partido dos Trabalhadores. Só não se sabe se ele aparecerá na foto de campanha ao lado de Márcia Lia, já que até ação na justiça ele moveu contra ela. A deputada estadual petista, que está em seu segundo mandato, deve disputar a reeleição.

Gratificação por multas aplicadas

Após a publicação do Decreto Municipal que vinculou a gratificação dos fiscais que atuam no combate ao coronavírus à quantidade de multas aplicadas, vereadores de oposição foram até o Ministério Público alegando desrespeito ao princípio da razoabilidade. Para eles, o fiscal não pode estar vinculado a um interesse secundário, como por exemplo, o aumento dos próprios rendimentos.