Início Destaques

Pintado sinaliza saída da Ferroviária após o Paulistão: “A minha missão está cumprida”

Em nova entrevista, treinador confirma interesse do Goiás, mas diz estar focado na Locomotiva para o restante da competição

155
Crédito: Millena Cravo/Ferroviária S/A

O técnico Pintado pode não continuar a frente do comando técnico da Ferroviária logo após a disputa do Paulistão.

Com contrato até o fim do estadual, o treinador despertou interesse do Goiás para a disputa do Brasileiro da Série B, que tem início previsto para o dia 29 de maio.

Em entrevista concedida à Rádio CBN na tarde desta quinta-feira, Pintado confirmou interesse do Esmeraldino e disse que sua missão com a Locomotiva foi cumprida na competição.

“Houve sim esta possibilidade. Depois do bom trabalho com o Juventude, apareceram algumas coisas. Houve sim alguma coisa do Goiás, mas eu tenho contrato com a Ferroviária e isso está sendo resolvido com o meu procurador. Eu não tive contato com ninguém do Goiás”.

“A minha missão na Ferroviária era para que a equipe fizesse um campeonato seguro, não corresse riscos dentro da competição e buscasse a melhor pontuação possível. Neste momento, praticamente já conquistamos o primeiro, que é permanência na Série A1. Minha missão está cumprida na Ferroviária. Pelo que eu fui contratado, eu já cumpri minha função aqui. Eu não vim apenas para isso e não gostaria que fosse só para isso. Eu tenho responsabilidade com Ferroviária, com clube e pessoas sérias que estão na Ferroviária. Houve interesse do Goiás, como houveram outras ofertas, mas meu trabalho, hoje, é na Ferroviária”, completou o técnico.

Sobre ter falado esta semana da possibilidade de defender as cores do Esmeraldino este ano mesmo que ainda cumprindo o seu contrato com a Locomotiva, Pintado afirma que isso não é um problema, mas uma coisa natural pelo bom trabalho que o clube está desenvolvendo dentro do Paulistão.

“Eu não acho problema nenhum com isso e é até natural no futebol. Sou um homem do futebol, sou um cara experiente e já passei por estas situações antigamente e todos os profissionais vão passar por isso. Isso é reflexo de um grande trabalho que a Ferroviária vem fazendo, de um bom campeonato e é algo supernatural. Eu tenho experiência suficiente pra não me iludir com isso e não vejo problema nenhum. A Ferroviária está fazendo um grande trabalho, chamando atenção de outros grandes clubes do Brasil”, declarou.

A Ferroviária se prepara para o duelo diante do Novorizontino, que acontece neste sábado, às 22h15, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, válido pela sexta rodada da competição.

Atualmente, o clube araraquarense ocupa a vice-liderança do Grupo B com 10 pontos, seis atrás do São Paulo – o Tricolor tem dois jogos a mais – e está na zona de classificação às quartas de final.