Início Destaques

Fim do buzinaço de trem nas madrugadas em Araraquara

Desde Bueno de Andrada até Araraquara a cantoria das buzinas é um tormento para a população

378
Composições da o atravessam a cidade fazendo pampeiro na madrugada

O incômodo causado pelo forte toque da buzina dos trens durante as noites e madrugadas é tema de Projeto de Lei Complementar (PLC nº 15/2020), que começa a ser discutido e votado na Sessão Ordinária desta terça-feira (21), na Câmara Municipal de Araraquara. A proposta é de autoria do vereador Tenente Santana (MDB) e precisa de duas votações favoráveis para ser aprovado na Câmara, antes do envio para sanção do prefeito municipal. (Ordem do Dia 162ª Sessão Ordinária)

 Na justificativa que acompanha o texto do projeto, Santana descreve que o objetivo é disciplinar uma prática que há muitos anos é motivo de grande insatisfação de boa parte da população. “As buzinas das composições ferroviárias que cortam o perímetro urbano da cidade e o distrito de Bueno de Andrada são um verdadeiro tormento e atrapalham sensivelmente o descanso de milhares de pessoas”, relata.

O objetivo da proposta é proibir esta prática das 22 às 6 horas e multar os concessionários do serviço ferroviário toda vez que ocorrerem as transgressões. Ele ainda aponta exemplos, como os municípios de Jales e São José do Rio Preto, que aprovaram medidas semelhantes.

Moradores das proximidades dos trilhos, no perímetro urbano, procuraram pelo vereador e chegaram a participar da Tribuna Popular de uma sessão da Câmara, para relatar o transtorno que sofrem com o barulho das buzinas durante a madrugada, prejudicando a noite de sono dos moradores.