Início Destaques

Prefeito de Matão fala ao RCIA nesta segunda sobre polêmica com Araraquara

O prefeito Edinardo Esquetini após entrar na Justiça para questionar a flexibilização e o tratamento que o Plano São Paulo e o Departamento Regional de Saúde com sede em Araraquara vem destinando às atividades comerciais da cidade, concederá entrevista ao vivo ao RCIA.

108
Prefeito José Edinardo Esquetini, de Matão

Nesta segunda-feira (20), 11h30, o prefeito de Matão, Edinardo Esquetini (PSB), será entrevistado pelo RCIA sobre a polêmica causada na semana passada com o município de Araraquara, neste período de pandemia. Ambos as cidades fazem parte do Plano São Paulo de flexibilização criado pelo governo paulista e coordenado pelo Departamento Regional de Saúde – sediado em Araraquara.

Sentindo que medidas adotadas pelo Plano São Paulo estariam causando prejuízos ao comércio da sua cidade, Esquetini recorreu à Promotoria Pública e à Procuradoria Geral do Estado, questionando as decisões do plano em questão, com regras diferenciadas: os dois municípios estão na fase dois, considerada laranja que não permite, por exemplo, a abertura de barbearias e academias, em Matão: só que em Araraquara estas atividades estão funcionando. Também em nossa cidade, os bares e restaurantes podem abrir até às 23h, desde que cumpram a restrição de quatro horas diárias de funcionamento.

Situações assim tem levado  Edinardo Esquetini (PSB), a ser questionado por comerciantes e prestadores de serviços. A decisão de recorrer à Justiça, segundo ele é apenas para questionar a razão dos municípios que compõe o Departamento Regional de Saúde III (DRS-III) terem decisões diferentes em relação ao Plano São Paulo e Araraquara pode manter academias e barbearias abertas.

Durante 20 minutos o jornalista Ivan Roberto Peroni entrevistará Esquetini, tendo como pauta o relacionamento e o respeito que os dois municípios sempre mantiveram ao longo da nossa história política regional.