Início Destaques

Prefeitura lança pacote de programas sociais para o Residencial dos Oitis

Em parceria com a Fai-UFSCar e a empresa Construmax, ações serão nas áreas de geração de emprego e renda, educação, saúde, esportes, cultura, entre outras

43

O prefeito Edinho assinou nesta sexta-feira (13) a ordem de serviço para o início de uma série de programas sociais para o Residencial dos Oitis, empreendimento residencial do Minha Casa Minha Vida do Jardim Iguatemi. A solenidade foi realizada no próprio residencial, com a presença de autoridades e moradores.

O objetivo é desenvolver um projeto integrado que resolva os problemas imediatos e que, ao mesmo tempo, sinalize melhorias estruturantes no condomínio. Serão estruturados serviços públicos das áreas de educação, saúde, assistência social, geração de oportunidades e renda, cultura e esportes e lazer, de forma coordenada e integrada ao território.

O projeto será realizado por meio da Fai-UFSCar (Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e da empresa Construmax Construções e Empreendimentos. As contratadas prestarão serviços técnicos especializados de caráter social pelo período de 12 meses. O recurso utilizado para a execução dos contratos, de R$ 156.900,00, é da Caixa Econômica Federal.

Em sua fala no evento, o prefeito Edinho destacou que essas ações deveriam ter sido realizadas em 2011, quando o residencial foi inaugurado. Após muito diálogo com a Caixa, o Município conseguiu a liberação dos recursos para os programas.

“Nós vamos continuar melhorando a vida de vocês. Quero transformar o Residencial dos Oitis no melhor lugar para se morar. A Prefeitura é parceira de vocês”, afirmou Edinho, ressaltando que iniciativas de cooperativismo serão apresentadas aos moradores como saída para o desemprego.

A coordenadora do Trabalho e de Economia Criativa e Solidária, Camila Capacle, fez uma apresentação técnica do projeto aos moradores. “Nós temos a Construmax, trabalhando na área do meio ambiente, da cultura, do esporte, entre outras, e a Fai trazendo oportunidades de geração de trabalho e renda. Hoje é só o início, mas dependemos da participação de vocês. Acreditem nessa proposta e permaneçam com a gente. Vamos construir novas oportunidades”, disse Camila.

Representando a Câmara Municipal, o vereador Toninho do Mel (PT) parabenizou a Prefeitura pelo projeto. “Tem muita coisa para resolver, mas estamos lutando e cuidando da população de Araraquara. Parabéns à equipe da Prefeitura”, disse.

Em nome da Fai-UFSCar, o professor Wagner de Souza Molina declarou que a instituição buscará a melhoria da qualidade de vida no residencial. “Vamos detectar oportunidades de geração de emprego e renda, estimulando o associativismo e a economia solidária, e verificar o que cada um tem a contribuir”, afirmou.

Sônia Regina Couceiro, representando a Construmax, também falou sobre sua expectativa em relação ao projeto. “Queremos trazer serviço de qualidade para a população. É um trabalho que será realizado com integração com a universidade”, analisou.

Ainda estiveram no evento os vereadores Edio Lopes (PT) e Paulo Landim (PT); a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Jacqueline Barbosa; a coordenadora de Habitação, Mara Gomes; além de outros secretários e coordenadores municipais.