Início Destaques

Thainara Faria torna sua prestação de contas em uma festa

Câmara enfeitada com cartazes e cores, salgados e refrigerantes para quem participasse do evento

418
Entrada da Câmara Municipal e o acesso ao plenário, decorado por Thainara Faria, com característica de campanha eleitoral em bem público

Na noite desta segunda-feira (2), a vereadora Thainara Faria (PT), fez a prestação de contas do seu mandato na Câmara Municipal. Com a Casa toda enfeitada, apresentando em cartazes as emendas a qual ela teria conseguido junto a deputados de seu partido, tornou o evento em grande propaganda eleitoral.

Cerca de 1.500 salgados e refrigerantes fizeram parte do acontecimento. A reportagem tentou contato pessoalmente com a vereadora, mas não fomos atendidos.  O Portal RCIA chegou à Câmara Municipal por volta das 18h30, às 19h todos os cartazes, faixas que faziam menção aos feitos do mandato da vereadora, foram retirados da Casa por ordem do presidente vereador Tenente Santana.

O fato criado por Thainara não agradou alguns vereadores que já falavam em levar Thainara para o Conselho de Ética da Casa de Leis. Vale ressaltar que em ano eleitoral, o Tribunal de Justiça Eleitoral está atento aos mínimos detalhes.

Uma das ações vedadas mais recorrentes na Justiça Eleitoral é a propaganda institucional. Neste período é proibida a veiculação da propaganda institucional em órgãos públicos. Ou seja, a publicidade dos atos terá caráter exclusivamente educativo, informativo ou de orientação social, sem nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção de autoridades.

Em ano eleitoral é proibida a distribuição gratuita de bens: Art. 36.  A propaganda eleitoral somente é permitida após o dia 15 de agosto do ano da eleição.

Entramos em contato com o Presidente da Câmara Tenente Santana (MDB), que disse que verificaria o que estava acontecendo, pois não sabia dos enfeites e nem sobre o Petit Comité servido aos participantes.

Vale ressaltar que a reportagem está aberta à vereadora caso tenha interesse em se manifestar.