Início Destaques

Vereadores em ação: do entulho ao cemitério

Filipa nos bolsões, Clemente na bochechinha, Grecco no Iguatemi e Sponton na Maurício Galli; confira onde os parlamentares estão de olho

31

Desburocratização do uso dos bolsões de entulho

As indicações de zeladoria, como limpeza de terrenos tomados por entulhos, lixos e móveis chegam todos os dias aos gabinetes dos vereadores e, consequentemente, até as mãos do Executivo. “É evidente que existe uma dificuldade por parte da sociedade civil, principalmente nas áreas mais periféricas, em fazer o descarte correto nos bolsões municipais. Os critérios para o despejo não ficam claros para a população, que muitas vezes chega até o local e é impedida de descartar o lixo”, argumenta a vereadora Filipa Brunelli (PT). Por isso, a parlamentar pede, com urgência, a desburocratização dos bolsões de lixo no município. “Quando pensamos em uma gestão democrática, participativa e com acolhimento social devemos prezar por ouvir as demandas e as dificuldades que a população tem em cumprir o que é necessário”, salienta Filipa.

Teste da Bochechinha na rede pública de saúde 

Disponível apenas na rede privada, o Teste da Bochechinha é um exame genético capaz de detectar, precocemente, mais de 340 doenças raras, silenciosas e tratáveis em bebês. Sua oferta pela rede pública de saúde municipal foi sugerida ao Poder Executivo pelo vereador João Clemente (PSDB). “O Teste da Bochechinha, triagem neonatal genética, complementa o Teste do Pezinho”, acrescenta Clemente. O exame, que dura cerca de um minuto, pode ser feito desde o primeiro dia de vida da criança e é indolor. Para realizar a coleta, o bebê deve ficar 30 minutos em jejum completo, sem ingerir alimentos e líquidos ou inserir quaisquer objetos na boca, como chupeta ou mordedor. Após a coleta do swab (cotonete esfregado na mucosa oral), a amostra é encaminhada ao laboratório, onde o DNA é isolado, sequenciado e analisado. Pelo teste, é possível identificar doenças neurológicas, imunológicas, hematológicas, renais, endócrinas, gastrointestinais, hepáticas, pulmonares, oftalmológicas, além de neoplasia, surdez e erros inatos do metabolismo.

Melhorias na Praça Memorial da Liberdade 

Após receber diversas reclamações as condições da Praça Memorial da Liberdade, no Jardim Iguatemi, o vereador Lucas Grecco (PSL) fez cinco Indicações à Prefeitura, no dia 13 de setembro. O parlamentar pede a troca de todas as lâmpadas que estão queimadas na praça, a reforma da pista de skate e banheiros, construção de um bebedouro, além de limpeza e zeladoria do campo de futebol situado na praça. “O campo de futebol se encontra com muitos formigueiros e o alambrado está todo danificado”, completa.

Sinalização da Avenida Mauricio Galli

Após ser procurado por moradores da região, o vereador Emanoel Sponton (Progressistas) enviou indicações ao Executivo propondo melhorias na sinalização da Avenida Mauricio Galli, no trecho próximo ao complexo viário Bebeto Ferraz Luz, na Vila Sedenho. O parlamentar afirmou que as sinalizações de “Faixa de ultrapassagem”, “Pare”, “Faixa de Pedestre” e as placas estão em estado de degradação, o que prejudica a visualização.  Além disso, foi indicada a necessidade de implantação de redutor de velocidade. “Os moradores entraram em contato com o gabinete relatando que os veículos, logo após saírem do semáforo, transitam em alta velocidade. Por isso, é urgente a instalação de uma lombada na via”, concluiu o vereador.

Manutenção do Cemitério São Bento 

Após solicitação da Câmara, a Prefeitura informou que, por causa do aumento do número de furtos no cemitério, foi providenciado junto à Guarda Civil Municipal (GCM) a intensificação do patrulhamento, com rondas internas e externas. De acordo com as informações, após o início de tais ações, em 30 de julho, não houve mais registros de furtos de objetos. Sobre o problema de iluminação, foi afirmado que, em maio de 2021, a iluminação interna e externa foi substituída por lâmpadas Led e os postes na região central do cemitério, que ainda não tiveram as lâmpadas substituídas, passarão por adequações na instalação elétrica e estarão em funcionamento brevemente. Sobre a dedetização da área, a aplicação de veneno para controle de baratas é executada pela Vigilância Sanitária a cada três meses, sendo que a última aplicação ocorreu na primeira quinzena de agosto. Quanto ao controle e captura de escorpiões, o serviço é executado pelo mesmo departamento em “frequentes ações noturnas”, segundo o Executivo. A Prefeitura explicou ainda que o termo de referência para o projeto de restauro da Capela São Bento, localizada no cemitério, está em processo de revisão para atender as demandas técnicas do local.