Início Destaques

Médica associada ao SF e sistema Hapvida apresenta estudos de controle de infecções em Congresso nos Estados Unidos

Os trabalhos abordam os resultados das ações desenvolvidas pelo Serviço de Controle de Infecção Associada à Assistência do Hospital São Francisco

85
A médica Sílvia Fonseca, gerente médica responsável pelo Serviço de Controle de Infecção Associada à Assistência do Hospital São Francisco de Ribeirão Preto, que fará apresentação de dois estudos nos Estados Unidos

A médica Sílvia Fonseca, gerente médica responsável pelo Serviço de Controle de Infecção Associada à Assistência do Hospital São Francisco de Ribeirão Preto, que faz parte do Sistema Hapvida, apresentará dois trabalhos na 6th International Conference on Healthcare Associated Infections (6ª Conferência Internacional sobre Infecções Associadas à Saúde), que acontecerá durante a Conferência Decennial 2020, entre os dias 26 e 30 de março de 2020, na cidade de Atlanta, nos Estados Unidos.

A médica apresentará os resultados das ações adotadas pelo Hospital São Francisco de Ribeirão Preto visando ao controle de infecções no hospital nos últimos 22 anos. “Eu abordo o histórico de mais de duas décadas e todas ações implementadas, treinamentos realizados, mensuração dos dados juntamente com as equipes de médicos e de enfermagem, que vão desde o uso dos medicamentos até o cuidado com a manipulação de equipamentos e acessórios”, explica Silvia.

O segundo estudo se refere às ações de prevenção durante a epidemia de sarampo no estado de São Paulo que, segundo a Secretaria Estadual de Saúde, conta com 14.977 casos confirmados até dezembro de 2019. “Essa apresentação demonstra como a preparação para prevenção devido à epidemia, que contou com o treinamento do corpo clínico, vacinação da equipe e procedimentos para o reconhecimento e diagnóstico precoce da doença, colaboraram para esses resultados positivos”, pontua a médica.

O evento, que é considerado um dos principais congressos mundiais do setor, é promovido pela SHEA (The Society for Healthcare Epidemiology of America / Sociedade Norteamericana para a Epidemiologia da Saúde) em conjunto com o CDC (Centers for Disease Control and Prevention / Centros de Controle e Prevenção de Doenças), que é uma agência do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos.

“É uma alegria imensa e muito importante ver os estudos realizados em um hospital do interior, sem qualquer ligação com centros de pesquisa de universidades, ser reconhecido em um congresso internacional”, afirma Silvia.

Sobre o Sistema Hapvida

Com mais de 6 milhões de clientes, o Sistema Hapvida hoje se posiciona como o maior e único sistema de saúde suplementar do Brasil presente em todas as regiões do país, gerando emprego e renda para a sociedade. Fazem parte do Sistema as operadoras do Grupo São Francisco, América, Promed e Ame, além da operadora Hapvida. Atua com mais de 29 mil colaboradores diretos envolvidos na operação, mais de 15 mil médicos e mais 14 mil dentistas. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente são 41 hospitais, 155 clínicas médicas, 42 prontos atendimentos, 141 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial (Vida&Imagem).