Início Agronegócio

Setor canavieiro defende modernização de normas do trabalho no campo

Feplana, Novabio, Unida, Asplan/RN, AFCP e Sindaçúcar/PE se reúnem com o secretário de Trabalho do governo Bolsonaro durante evento da Fecomercio em PE

24
Alexandre (Feplana), Rogério Marinho (secretário) e Bráulio Gomes (AsplanRN)

Lideranças do setor sucroenergético do NE e ainda da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana) reuniram-se com o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, durante evento em Pernambuco, organizado pela Federação Estadual do Comercio, no Sesc, em Recife. Agradeceram pelo trabalho de Marinho, ainda de quando o gestor era deputado federal e foi o relator da modernização das leis do trabalho no governo Temer.

 O encontrou foi articulado pelo presidente da Associação dos Plantadores de Cana do RN (Asplan), Bráulio Gomes. Na oportunidade, o presidente da Feplana, Alexandre Andrade Lima, juntamente com Renato Cunha, presidente do SindaçúcarPE e da Novabio, abordou para o gestor sobre a necessidade da atualização também das normas reguladores do trabalho no campo, objeto já de estudo do governo Bolsonaro, sob a responsabilidade de Marinho.

 O secretário-geral da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), Gregório Maranhão, também participou da reunião. Ele aproveitou para apresentar o projeto de criação de fundo de pensão para os produtores independentes de cana de açúcar do Nordeste. A proposta foi recebida para estudos pela equipe de assessores da Secretária da Previdência.