Início Seu Pet

MPF denuncia Ibama e dois servidores por maus-tratos a 900 animais

O IBAMA até o momento não se manifestou sobre essa decisão anunciada nesta sexta-feira

62
Segundo o MPF, foram contabilizadas 1.822 mortes de animais

O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro denunciou o Ibama e dois ex-servidores, incluindo o ex-superintendente do órgão ambiental, por maus-tratos causados a 900 animais custodiados no Centro de Triagem de Animais Silvestres, em Seropédica, na região metropolitana.

De acordo com o procurador da República Sergio Suiama, responsável pela ação penal, houve omissão e desprezo dos denunciados com a saúde e o bem-estar dos animais devido à interrupção de contrato com tratadores.

Segundo o MPF, laudo da Polícia Federal apontou que, entre novembro de 2020 e fevereiro de 2021, período em que houve a interrupção do serviço, “foram contabilizadas 1.822 (mil oitocentas e vinte e duas) mortes de animais custodiados no Centro. O número representa 63% das mortes registradas no local entre janeiro de 2020 e março de 2021.

A denúncia destaca ainda que os servidores tinham pleno conhecimento da situação de abandono e sofrimento dos animais custodiados e assumiram o risco de causar o resultado constatado.