Hoje, com o coronavírus todos são bons; passada a epidemia voltaremos ao mundo da malandragem

Por Ivan Roberto Peroni

57