Início Utilidade Pública

Daae inicia pesquisa de vazamentos não visíveis na região norte

O trabalho tem o objetivo de reduzir o índice de perdas e consequentemente, aumentar a eficiência do sistema de abastecimento

55

O Daae, por meio de empresa contratada, iniciou nesta quarta-feira (27), uma pesquisa que irá identificar vazamentos não visíveis nas redes e ramais de água do setor norte, atualmente composto por 135 km de redes e 5.800 ramais domiciliares distribuídos nos bairros Selmi Dei, São Rafael, Jardim Serra Azul, Jardim São Francisco, Jardim Veneza, Adalberto Roxo, Jardim do Valle, Laura Molina, Indaiá, Jardim dos Oitis e Jardim Bela Vista.

A pesquisa está sendo feita por método de varredura total do sistema com o geofonamento, isto é, através de haste de escuta percorrendo todos os cavaletes e caixas padrão, a fim de detectar ruídos de vazamentos causados por fissuras, fendas ou mesmo rupturas.

A equipe também realiza a medição da pressão da rede de distribuição em todas as ruas percorridas, uma vez que a principal causa de vazamentos são as altas pressões. Assim que é identificado um vazamento, as equipes do Daae são acionadas para realizar o reparo.

O trabalho, que tem o objetivo de reduzir o índice de perdas e consequentemente, aumentar a eficiência do sistema de abastecimento, está sendo conduzido pela gerência de Perdas e Eficiência Energética, que obteve recursos do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro) para sua execução.