Início Cidade

Araraquara deu um salto no isolamento social neste domingo: 49%

Melhora foi significativa, diz boletim do SIMI, mas ainda está bem longe do ideal que é 70%

37
O isolamento é a alternativa para a doença não se espalhar

Se o município beirasse 70% de isolamento social certamente teria encontrado o caminho para não infectar 147 pessoas até aqui em uma cidade 232 mil habitantes. Mas, não foi isso que aconteceu nestes 55 dias de quarentena assinada pelo governador do Estado.

Por sinal a quarentena passou a valer no dia 24 de março nos 645 municípios do estado de São Paulo. A medida obrigava o fechamento do comércio e manteria os serviços essenciais, como as áreas de saúde, alimentação e segurança. O prefeito Edinho Silva teve então que acatar a quarentena e baixar o decreto visando conter o avanço do novo coronavírus pelo menos em Araraquara.

As regras para o isolamento social, contudo já aparecem no dia 5 de março quando Araraquara apresentou 32% de pessoas em casa; durante este período, ainda que existisse decreto proibindo atividades que não fossem essenciais a média de isolamento no município sempre foi irregular, abaixo do sugerido por especialistas da Saúde.

A flexibilização de outras atividades recentemente já apontou um aumento de 5% de pessoas circulando, baixando os índices em uma variável de 38% a 43%. O apontamento de 49% neste domingo foi motivo de comemoração ainda que abaixo dos números anunciados em 28 de março e 19 de abril, quando tivemos 54%.

Dois municípios próximos a Araraquara, São Carlos e Matão têm uma situação relativamente melhor que a nossa – 53% e 50% respectivamente, números inseridos no boletim do SIMI nesta segunda-feira (18). Com isolamento que não passa de forma continuada dos 50% a flexibilização atendendo o comércio de forma mais ampla pode encontrar resistência num primeiro momento.

Isolamento em Araraquara neste domingo
Isolamento em São Carlos no mesmo dia
Isolamento em Matão, domingo (17)