Início Destaques

Em mais um caso de violência doméstica, mulher é brutalmente agredida pelo namorado

Caso ocorreu neste sábado (16) no Jardim América

79
Mulher foi levada para a UPA após agressões
A violência contra a mulher acumula episódios dia após dia em Araraquara. Na maioria das vezes, o agressor é o próprio companheiro da vítima e não rara as vezes o caso acaba em feminicídio.
Na madrugada deste sábado (16), uma nova ocorrência deixa a cidade estarrecida. Uma mulher de 28 anos foi violentamente espancada pelo namorado na Avenida Matão, no Bairro Jardim América, em Araraquara-SP.

De acordo com a vítima, ela reatou o namoro depois de um mês de separação, mas o rapaz de 32 anos voltou a agredi-la após uma nova crise de ciúmes. O motivo? Ela foi à academia, o que resultou em discussão e acabou em violência física.

A mulher afirma que, após cheirar cocaína e consumir álcool, o homem teria colocado uma faca em seu pescoço e a ameaçado de morte, ofendendo-a: “Você é uma vagabunda, traição se resolve com morte e é isso que você merece”.

Logo depois do surto, ele teria largado a faca, declarado seu amor e pedido para que ela fechasse os olhos. Com medo, ela obedeceu e passou a ser esganada com três apertões.

Descontrolado, ele puxou seus cabelos, estapeou seu rosto, bateu sua cabeça no sofá, arremessou seu celular contra seu rosto e jogou um puff com pés de madeira em sua cabeça.

Ela conta que foi por conta das agressões sofridas anteriormente que o relacionamento havia acabado. Ela possuía uma Medida Protetiva contra o agressor, mas retirou após sofrer ameaças de morte.

Depois de toda a violência, ele resolveu levá-la para atendimento na UPA Central, não sem antes se apossar de seu celular para que ela não ligasse para a polícia.

Ele orientou a vítima para que dissesse ao médico que os ferimentos haviam sido causados por uma queda. Com medo, ela obedeceu. Assim que a mulher entrou para atendimento, o namorado fugiu do local, levando o celular dela.

A mulher recebeu três pontos na cabeça e tinha hematoma no braço esquerdo. No Plantão Policial foi registrado boletim de ocorrência de Violência Doméstica, Lesão Corporal, Ameaça e Injúria.

Foram requisitados exames de corpo de delito e registrada uma representação criminal contra o autor, sendo concedida uma nova Medida Protetiva de Urgência.