Home Destaques

Polícia Civil prende e dá liberdade ao motorista que matou motociclista na região da Penitenciária

Acidente aconteceu no dia 17 e desde então foram intensos os trabalhos de identificação. A prisão ocorreu quando se dirigiu à uma oficina mecânica para trocar o para-brisa. Os demais reparos ele vinha fazendo por conta própria em casa.

260
O delegado Jesus de Nazaré Romão realizou um belo trabalho de investigação

Está identificado pela Polícia Civil de Américo Brasiliense o homem que dirigindo um VW/Gol G5, cor preta, atropelou e matou um motociclista no dia 17 de dezembro; ele ainda deixou ferida uma mulher que estava na garupa da moto. Foram exatamente 12 dias de investigações até se chegar ao responsável.

Agora, o condutor do veículo que cometeu o crime e deixou o local do acidente sem prestar socorro às vítimas terá que responder por homicídio culposo na direção do veículo além da tentativa de homicídio por conta da moça que se encontrava na garupa da moto. Ele foi ouvido pelo delegado Jesus de Nazaré Romão, que dirige o inquérito.

Questionado sobre a razão de ter abandonado o local ele respondeu que – fugiu por nunca ter se envolvido em um acidente de trânsito e temer represálias por permanecer no local. Outra informação dada pelo motorista foi de que – o seu advogado se encontrava em férias e aguardava o seu retorno.

Morador em Américo Brasiliense, o causador da morte do motociclista vinha consertando ele mesmo o carro na sua casa para evitar comentários e denúncias. No entanto, alguns dias depois teria que trocar o para-brisa e indo à oficina acabou denunciado.

Ainda que tenha assumido a autoria do crime o motorista vai responder pelos dois crimes em liberdade.