Início Cidade

Tristeza. Morre em Araraquara o advogado Antônio Carlos de Mello Franco, o Melinho

Amigos e profissionais da área do Direito destacam no portal RCIA a importância de Melinho para a nossa cidade, como pai, filho, irmão, companheiro, solidário e que vivia intensamente o conceito do amor. Por isso era tão respeitado e amado. Ficam seus exemplos e seu legado para a cidade de Araraquara. Ele soube fazer história, comentou o prefeito Edinho nas redes sociais.

1499
O advogado Antônio Carlos de Mello Franco, o Melinho, perda irreparável para a nossa cidade

Araraquara amanhece nesta quinta-feira (18) profundamente entristecida com a morte do brilhante advogado Antônio Carlos Mello Franco, o Melinho, como era conhecido, desde seus tempos de adolescência. Extremamente humilde, carismático, suas ponderações sempre feitas com uma voz aparentemente rouca, Melinho, sentiu-se envolvido nos anos 80/90 pelo processo de transformação sócio-econômica do município.

Foi nesta época, contam os amigos, que sua visão empresarial o levou a participar de alguns movimentos que colocavam Araraquara no caminho do progresso. “Creio que participar deste momento neste momento é fundamental e o que vemos é um cenário emergente que conclama a participação de todos”, comentou Melinho num dos encontros que manteve com empresários no auditório da Associação Comercial e Industrial de Araraquara. Para a entidade Melinho chegou a prestar inúmeros serviços e isso o levou a ser dentro da área do Direito um profissional muito respeitado.

O próprio prefeito Edinho Silva ao receber a notícia sobre a morte de Antônio Carlos de Mello Franco foi às redes sociais para tornar público seu reconhecimento a participação do advogado na vida da cidade. Melinho, também é – irmão do promotor de justiça aposentado e jurista Raul de Mello Franco Júnior, figura de destaque em nossa comunidade.

“Melinho, tinha mais de 30 anos de advocacia, com foco na área do Direito do Trabalho, e era docente do curso de Direito da Uniara. Melinho foi líder empresarial, empreendedor, líder em todas as instituições que participou da sociedade civil e, também, foi um exemplar líder religioso”, comentou Edinho.

Uma das lembranças resgatadas pelo prefeito foi da liderança de Melinho, na década de 1990, quando pais se juntaram e fundaram a Cooperativa Educacional de Araraquara, a tradicional escola Coeducar. “Se essa instituição é hoje uma realidade e paradigma educacional, se deve ao espírito de líder e capacidade de sonhar com o novo de Melinho”, argumentou o chefe do Executivo.

“O querido Melinho era assim, um farol: onde se aproximava levava luz e inspiração. Na última vez que esteve comigo na Prefeitura, estava cheio de ideias sobre uma nova instituição de ensino para Araraquara; parecia um adolescente empolgado com uma nova ideia. Um espírito inquieto, inovador, empreendedor. Por isso era um líder além do seu tempo, um visionário”, arrematou.

Nas redes sociais houve a manifestação de Fernanda Bonalda que escreveu: “As palavras do nosso Prefeito diz tudo sobre a grande pessoa q foi o Dr. Mello. Gratidão por poder ter conhecido, convivido e aprendido muito com ele, como profissional e ser humano. O Céu ganha hoje um guerreiro necessário, imprescindível para junto da espiritualidade ajudar nessa luta de salvação contra o mal q hoje acomete nosso planeta Terra. Missão cumprida como ser humano!! Vá em paz! Meus sinceros pêsames a todos os familiares o q faço na pessoa do Dr. Raul de Mello Franco e Drª. Roseli Mello Franco”.

A OAB – Subsecção de Araraquara também distribuiu nota assinada pelo seu presidente Tiago Romano, expressando o sentimento de toda classe: “A Diretoria da OAB de Araraquara comunica com pesar o falecimento do advogado Antônio Carlos de Mello Franco (Melinho) que era genitor da advogada Frany de Mello Franco e irmão da advogada Roseli de Mello Franco e do advogado Raul de Mello Franco Junior”.

Nota da Redação: Matéria em atualização permanente.