Início Esporte

Com casos de COVID-19, Governo de Santa Catarina adia confronto entre Avaí e Chapecoense

Chape registrou testes positivos em 14 jogadores e o confronto pelas quartas de final foi adiado

30
Crédito: Marcio Cunha / ACF

O Governo de Santa Catarina determinou o adiamento do confronto entre Avaí e Chapecoense deste domingo, válido pelas quartas de final do Catarinense.

Em nota divulgada pela Superintendência de Vigilância em Saúde Estadual, a medida foi tomada por 14 jogadores da Chape terem testados positivos para coronavírus (COVID-19). Os clubes e a Federação Catarinense de Futebol foram notificados pelo ocorrido.

“A Superintendência de Vigilância em Saúde Estadual notificou os clubes Avaí e Chapecoense, além da Federação Catarinense de Futebol, neste sábado, 11, sobre a partida válida pelas quartas de final do campeonato catarinense, que ocorreria neste domingo, 12, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. Com isso, a partida está cancelada”, diz parte do anúncio.

Também em nota, a Chapecoense confirmou os resultados positivados, mas não revelou quais jogadores contraíram o vírus. O Avaí também realizou exames em seus jogadores, comissão técnica e funcionários, e todos os testes deram negativos.

As equipes se enfrentaram na última quarta-feira pelo jogo de ida e a Chape venceu o Leão da Ilha por 2 a 0, quando a competição foi retomada.

Com isso, apenas três jogos acontecerão neste domingo: Marcílio Dias x Criciúma, Brusque x Joinville e Figueirense x Juventus.