Início Ferroviária

Meia da Ferroviária deve assinar contrato com Cruzeiro nesta quinta-feira

Raposa pagará R$ 2 milhões por 70% dos direitos econômicos do jogador revelado pela Locomotiva

89
Crédito: Divulgação / Assessoria Ferroviária

por Rafael Zocco

O desfecho da novela envolvendo Cruzeiro e Ferroviária pelo meia Claudinho está próximo de acontecer.

Assim como a RCIARARAQUARA noticiou no último domingo, quando os clubes entraram em acordo, as partes devem se reunir novamente nesta quinta-feira para sacramentar o negócio e o talento grená assinará com a Raposa para as próximas cinco temporadas.

Porém, a reportagem apurou e, diferente do que vinha sendo informado, a Locomotiva receberá do clube cruzeirense R$ 2 milhões pela aquisição de 70% dos direitos econômicos do jogador, enquanto 30% ficarão com o time araraquarense.

No acordo, o Cruzeiro pagará uma quantia à vista e o restante do valor será parcelado. Estes valores não foram revelados a reportagem.

Antes do clube celeste, o Dallas FC também ofertou, mas a intenção do atleta e seu staff é de fazer um plano de carreira, primeiramente, no Brasil.

Muitos clubes, como Atlético-MG, Corinthians, São Paulo, Fortaleza, Ponte Preta e Juventude, sondaram o meia de 19 anos que se destacou no começo da temporada com a camisa grená antes da paralisação do futebol por conta da pandemia do coronavírus.

Este ano, foi destaque na Copa São Paulo Futebol Júnior com a Ferroviária. Em quatro jogos, marcou dois gols e deu duas assistências.

Após as boas apresentações, o Vasco chegou a fazer proposta pelo atleta, mas não entrou em acordo com a Ferroviária, que renovou seu contrato até 2021.

Com os holofotes voltados ao seu bom futebol, Claudinho teve oportunidade novamente na equipe profissional, desta vez como titular no Paulistão.

Sob o comando do então treinador Sérgio Soares, se adaptou ao esquema tático proposto e se transformou em um meia de muita articulação pelas lados e meio de campo, e caiu nas graças da torcida.

Em 11 jogos, marcou dois gols, ambos na goleada por 6 a 2 diante do Águia Negra, pela segunda fase da Copa do Brasil.