Início Ferroviária

Paulo Roberto Santos comemora estreia com vitória pela Ferroviária

Mesmo com alguns dias de trabalho, treinador falou sobre o entendimento do elenco sobre o seu estilo de jogo e almeja a liderança para passar de fase

47
Paulo Roberto Santos, ao fundo, observa jogada de Branquinho - Crédito: Jonatan Dutra / Ferroviária S/A

No término do primeiro turno do Brasileiro da Série D, a Ferroviária se consolidou na liderança do Grupo A-7 depois de derrotar a equipe do Bangu na tarde deste sábado, no Rio de Janeiro.

O jogo foi marcante para o treinador Paulo Roberto Santos. Na estreia do treinador, a Locomotiva foi bem e enalteceu o grupo de jogadores que conseguiram entender o seu estilo de jogo e puderam desempenhá-lo em campo.

– A equipe assimilou parte daquilo que conversamos no treinamento posicional na véspera do jogo, pois não tinha muito o que se fazer até o jogo. Eles entenderam a forma de jogar, pois damos preferência a forte marcação no meio de campo e para a transição ofensiva, que tem que ser rápida e de qualidade para fazermos o gol. O nosso goleiro não trabalhou em praticamente jogo todo. Nos precipitamos em algumas tomadas de decisões e poderíamos ter terminado o primeiro tempo até com a vantagem maior – analisou o treinador.

Mesmo com a compreensão, Paulo Roberto espera que no decorrer do seu trabalho a equipe possa evoluir mais, principalmente no seu estilo combativo no meio de campo, marca registrada do seu trabalho em outros clubes.

– A vitória é muito importante, pois o tempo de trabalho foi quase nenhum. Mas eles assimilaram a competitividade porque a competição ela pede isso. Vamos jogar assim até o final. Qualidade nós temos. É tentar acrescentar mais combatividade, intensidade, principalmente quando estiver sem a posse da bola – contou.

Com o returno prestes a começar, o técnico almeja a equipe se classificando na primeira colocação e conquistando o acesso, mas prega cautela e tira o favoritismo do time em conquistar a competição.

– Se eu tiver que escolher, obviamente eu vou escolher classificar em primeiro e ser campeão. Porém, temos outros objetivos dentro da competição. O principal deles é o acesso e a classificação na primeira fase. Temos que ir passo a passo. Não queremos fazer o segundo gol sem ter feito o primeiro. Vamos brigar para classificarmos da melhor forma possível, mas se não classificarmos em primeiro, vamos manter este espírito de luta. Lógico que com mais tempo de trabalho, temos totais chances de ser uma das credenciadas ao acesso – ressaltou.

A Ferroviária volta a campo já na próxima quarta-feira para encarar novamente o Bangu, às 18h, na Fonte Luminosa.