Início Destaques

Tatiele Silveira não é mais treinadora da Ferroviária

Depois de duas temporadas, clube optou em não renovar contrato com a treinadora

345
Crédito: Jonatan Dutra / Ferroviária S/A

A passagem de Tatiele Silveira pela Ferroviária chegou ao fim. Na tarde desta segunda-feira, a treinadora se reuniu com a diretoria do clube, que optou por não estender mais o vínculo que se encerrava nesta temporada.

Em nota, a Ferroviária afirmou que o projeto do futebol feminino passará por readequações, onde o maior investimento será na formação e desenvolvimento de atletas, ajudando no projeto de carreira

Tatiele chegou à Ferroviária no início de 2019 e tinha como objetivo levar a equipe feminina novamente ao caminho dos títulos. Não só conseguiu, como fez confrontos memoráveis diante do Corinthians.

Em seu primeiro desafio, conquistou o Brasileirão Feminino ao bater o Timão, nos pênaltis, entrando para a história como a primeira mulher a ganhar a competição.

No Paulistão, levou a equipe até às semifinais, onde foi superado pelas corinthianas e, no último encontro, ficou com o vice-campeonato da Libertadores da América.

Já em 2020, após a chegada de muitos reforços, o time mostrou um grande poderio no início do Brasileirão, porém a pandemia do coronavírus fez com que o futebol fosse paralisado, mas em seu retorno, acabou caindo de rendimento e lutou até as últimas rodadas para ficar com a classificação.

No mata-mata, a equipe sucumbiu diante do Palmeiras, nos pênaltis, e ficou logo nas quartas de final, adiando o sonho do tri grená.

A última aparição de Tatiele sob o comando grená aconteceu na manhã deste domingo, quando as Guerreiras Grenás foram superadas pelo Corinthians em plena Fonte Luminosa e ficaram com o vice-campeonato do Paulistão Feminino.

Tatiele foi homenageada e recebeu o título de Cidadã Araraquarense na última semana, onde lhe foi entregue uma placa, das mãos do prefeito, Edinho Silva (PT).

Ao todo, foram 73 jogos, 37 vitórias, 17 empates e 19 derrotas, ficando com aproveitamento de 58,45%.

Por conta do Covid-19, a Copa Libertadores da América, que era para ser realizada este ano, foi transferida para os dias 5 e 21 de março de 2021, mudando a sede do Chile para a Argentina, e terá a presença da Ferroviária.

Confira a nota divulgada pelo clube:

Após uma avaliação do desenvolvimento da indústria do futebol feminino e do progresso da modalidade como um todo, a Ferroviária Futebol S/A comunica que optou pela reestruturação de alguns pilares da gestão do futebol feminino do clube.

Para que a instituição se mantenha competitiva em um mercado cada vez mais inflacionado, o clube optou pela adequação de sua estrutura e métodos de trabalho, pelo maior investimento na formação e desenvolvimento de jovens talentos da categoria, além da constituição de um plano de carreira para atletas que desejam o progresso de um projeto sustentável neste mercado.

Entre as decisões adotadas para a temporada 2021, o clube optou pela não renovação do contrato com a técnica Tatiele Silveira.

Com uma passagem extremamente vitoriosa e deixando um legado positivo dentro do projeto de futebol feminino da Ferroviária Futebol S/A, o clube agradece imensamente a sua contribuição neste dois anos como comandante de nossa equipe.