Início Ferroviária

Zagueiro da Ferroviária vive expectativa para estreia na Série D

Um dos "remanescentes" da equipe titular desde o começo do ano, jogador espera iniciar com vitória diante do Nacional, no Paraná

28
Crédito: Tiago Pavini / Ferroviária S/A

Restando quatro dias para a estreia na Série D do Brasileiro, a Ferroviária se prepara para o seu maior objetivo dentro da temporada, que obter uma das vagas do acesso para a Série C do Brasileiro de 2021.

O zagueiro Max falou sobre a expectativa para a estreia na competição e o trabalho desenvolvido dentro do grupo durante a pré-temporada.

“A expectativa é muito boa para o início de competição. O trabalho vem sendo muito bem feito pela comissão, montando estes amistosos para dar ritmo e entrosamento. Temos testados alguns esquemas. Isso é importante para chegarmos forte para que possamos colocar em prática diante do Nacional”, contou.

Mesmo com a mudança na comissão técnica na pausa do futebol durante a pandemia, o zagueiro de 33 anos se manteve na equipe titular e se encaixou no esquema tático formado por Dado Cavalcanti até aqui, mas enalteceu a briga sadia que existe no setor.

“No Paulistão, a Ferroviária conseguiu montar um grande elenco para todas as posições. Na zaga, tínhamos Rayan, Patrick, Elton, Carlão, eu… e sempre procuramos fazer o melhor. Infelizmente, tivemos lesões, cartões e isso estava sempre se repetindo ali na zaga. Graças à Deus, pude fazer bons jogos, por diversas vezes formando uma dupla de zaga diferente, mas sempre que entrava, procurava honrar esta camisa. Na Série D, tivemos mais mudanças, outros jogadores saíram e chegaram e, mais uma vez, o setor defensivo está muito capacitado. Espero que todos possam estar no seu melhor para que quando o Dado precisar, possam fazer o melhor e ajudar a Ferroviária a sair com os três pontos”, revelou.

Com um dos maiores orçamentos da competição, Max falou também da ansiedade vivida dentro do clube para que o objetivo seja alcançado e ressaltou a importância de iniciar a disputa com vitória.

“Há uma ansiedade de todo o grupo, diretoria e comissão técnica por ser a competição mais importante para a Ferroviária. Nós jogadores estamos procurando fazer o melhor neste tempo de preparação e esperamos chegar contra o Nacional com o futebol em dia, entrosamento dentro da equipe, com o nível técnico e tático em perfeitas condições para que possamos dar um passo a frente nesta caminhada ao acesso”

A partida contra o Nacional acontece neste sábado, às 15h30, no estádio Erich Georg, em Rolândia, no Paraná.