Início Destaques

Carreta do Programa Mulheres de Peito chega a Araraquara na próxima semana

Ação, realizada pela Secretaria de Estado da Saúde e com apoio da Prefeitura, começa na terça-feira (10), no Cear

1425
Serviço será prestado no prédio da Vigilância em Saúde, no Cear (Centro de Eventos de Araraquara e Região)

Araraquara recebe na próxima terça-feira (10) a carreta do Programa Mulheres de Peito, iniciativa da Secretaria de Estado da Saúde com apoio da Prefeitura. O serviço ficará entre os dias 10 e 21 deste mês em frente ao prédio da Vigilância em Saúde, no Cear (Centro de Eventos de Araraquara e Região).

O atendimento é aberto a mulheres acima de 35 anos e não necessita agendamento prévio. O objetivo do projeto é conscientizar as mulheres sobre a importância da realização do exame do câncer de mama, facilitar o acesso à mamografia e garantir rápido tratamento, caso haja a confirmação do diagnóstico.

As mulheres devem levar cartão SUS (Sistema Único de Saúde) e RG para solicitar a senha de atendimento. No primeiro dia, na próxima terça, os exames começam a partir das 13h, com distribuição de 20 senhas por demanda espontânea.

Nos outros dias serão distribuídas 50 senhas diárias, de segunda a sexta-feira, para atendimento no mesmo dia, das 9h às 18h; e, aos sábados, 20 senhas para atendimento das 9h às 13h.

O último dia, 21 de dezembro, será reservado apenas para exames complementares de pacientes convocadas e, portanto, não terá atendimento ao público.

As pacientes com resultados alterados serão encaminhadas para acompanhamento no Ambulatório de Saúde da Mulher, que fica no Centro de Araraquara.

“É mais uma oportunidade de conscientização da importância da mamografia e do autoexame, além de mais um espaço para que as mulheres façam a prevenção e recebam atendimento especializado”, afirma a secretária de Saúde, Eliana Honain.

PREVENÇÃO

A detecção precoce do câncer de mama pode salvar vidas, sendo que o autoexame, aquele feito pela própria mulher, é o método mais eficaz de prevenção. Segundo o Ministério da Saúde, o câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não melanoma. O câncer de mama responde, atualmente, por 28% dos casos novos a cada ano.

Relativamente raro antes dos 35 anos, sua incidência cresce progressivamente acima desta idade, especialmente após os 50 anos. Os principais fatores de risco relacionados ao desenvolvimento do câncer de mama são: falta de atividade física, tabagismo, má alimentação, peso corporal acima do indicado, fatores ocupacionais, bebidas alcoólicas, exposição solar, radiações e medicamentos.