Início Ferroviária

Elano Blumer fala sobre a utilização de jogadores da base na Ferroviária

Zagueiro Matheus Fernando, de apenas 19 anos, estreou como titular na equipe principal neste final de semana, contra o Patrocinense

47
Zagueiro Matheus Fernando, de apenas 19 anos, estreou na equipe titular da Ferroviária - Crédito: jonatan Dutra / Ferroviária S/A

A vitória sobre o Patrocinense destacou não só o bom momento vivido pela Ferroviária dentro do Brasileiro da Série D, como a equipe tem conseguido contornar os problemas envolvendo lesões dentro do elenco.

Os contundidos chegam a sete jogadores, o último deles sendo o atacante Léo Castro, que sentiu uma lesão muscular na coxa esquerda e precisou ser substituído ainda no primeiro tempo.

Mesmo com as baixas, o técnico Elano Blumer recorreu as categorias de base para suprir algumas ausências, principalmente no setor defensivo. Sem Guilherme Mattis e Léo Rigo, o comandante grená apostou no jovem zagueiro Matheus Fernando, de apenas 19 anos, e que vinha treinando com a equipe Sub-20. Ele fez trio com Gustavo Medina, também oriundo da base grená, e Bruno Leonardo.

“O intuito é sempre de vencer, independente dos nomes que jogam, a gente treina e temos dado oportunidade para os jovens. Hoje, jogamos com o Matheus, treinou durante toda a semana, tem feito trabalho com o Léo no Sub-20 e isso ajuda. Acho que quem tem a ganhar é a Ferroviária. O mais importante é ganhar, independente dos jogos”, declarou Elano.

O técnico quer dar mais oportunidades as jovens promessas e aproveitou para enaltecer o trabalho que é feito nas categorias de base, já que também seguiu os passos para o futebol profissional, recordando dos tempos de Guarani até chegar a equipe do Santos no início dos anos 2000, fazendo parte dos “Meninos da Vila”.

“Eu gosto. Sou fruto da base do Guarani e no Santos fiz parte da maioria do elenco que está no profissional hoje. Eu tenho falado que quero fazer isso na Ferroviária. No Sub-15 e 17 tem grandes jogadores. Claro que as coisas vão caminhar devagar. O Gustavo Medina e o Ian estão aqui com a gente, o Matheus iniciou uma partida hoje. Eu acho que isso é o futuro do futebol brasileiro e também dos clubes”, analisou.

Entendendo a falta de algumas peças no atual elenco, Elano não descartou a contratação de reforços, diz que o momento não é desesperador e espera dar mais espaço para os atletas que estão na base.

“As coisas estão caminhando e não precisamos desesperar. Sempre precisamos de reforços, mas tenho analisado a base e as coisas estão caminhando. Agora, é um momento de preparar e organizar novamente, até com a volta destes atletas que estão fora. Se aparecer uma situação para a gente, é claro que vamos analisar com carinho”, detalhou.

A Ferroviária já volta as suas atenções para o duelo diante do Águia Negra, nesta sexta-feira, às 17h, no estádio Ninho D’Águia, em Rio Brilhante, Mato Grosso do Sul, pela 10ª rodada da competição.