Início Ferroviária

Por conta de lesão, Nando Carandina se aposenta e se torna o novo gerente de futebol da Ferroviária

Jogador não conseguiu se recuperar de uma lesão no quadril e anunciou aposentadoria aos 32 anos: "Tenho certeza que a minha missão aqui dentro do clube ainda não acabou"

96
Crédito: Reprodução/TV Ferroviária

O volante Nando Carandina anunciou aposentadoria do futebol profissional e a Ferroviária o anunciou como o novo gerente de futebol do clube.

Antes, a função era desempenhada também pelo ex-jogador Rodrigo Possebon, que deixou o clube em abril do ano passado.

Carandina tratava de uma lesão no quadril há cerca de nove meses e não atuava desde o dia 25 de julho do ano passado, na vitória sobre o Boa Esporte por 2 a 0, na Fonte Luminosa, em jogo válido pela oitava rodada do Brasileiro da Série D.

Ele chegou a revoar vínculo com a Locomotiva para a disputa do Paulistão deste ano, mas sentiu a lesão novamente durante a pré-temporada e não conseguiu mais voltar. No clube desde 2020, Nando Carandina disputou 22 jogos e balançou as redes apenas uma vez, no empate por 1 a 1 contra a Portuguesa Carioca, na Série D de 2020.

Já na última quarta-feira, ele acompanhou das arquibancadas da Fonte Luminosa a vitória do time Sub-20 sobre o Grêmio São-carlense pelo Paulista da categoria.

“No futebol, sempre fui um atleta que tive poucas lesões, mas tive que enfrentar uma das piores delas ao longo da minha carreira. Tive uma lesão no quadril e tenho batalhado muito para superar esta lesão. Conversei com muita gente, passei por várias pessoas. Tive o suporte do clube e do departamento médico para tentar evoluir. Teve um avanço para que eu pudesse treinar, mas o meu corpo estava pedindo para que eu pare. Infelizmente, é uma decisão difícil e de que é o momento. Esta luta que passei, passaria de novo para poder voltar a jogar, mas foi uma luta que não teve vitória do meu corpo. Então, eu tenho que entender e levar isso como lição, agora é virar a chave para um novo desafio”.

“Tenho certeza que a minha missão aqui dentro do clube ainda não acabou. Independente da profissão que eu seguir dentro do clube, como atleta ou fora dele, eu tenho certeza que o principal sonho do clube é o acesso, quero fazer parte. Vou fazer de tudo para que este sonho seja realizado e a Ferroviária possa alcançar ainda sonhos maiores, em divisões maiores e o clube possa crescer cada vez mais”, completou o agora ex-jogador à TV Ferroviária.

Além da Locomotiva, Fernando Gasparini Carandina começou nas categorias do Rio Claro, passando por Taquaritinga, Sertãozinho, Grêmio barueri, Mogi Mirim, Oeste, são Caetano, Red Bull Brasil, Paysandu, São Bernardo FC, Grêmio Novorizontino e Santo André.