Ouça a nossa rádio

Nécosonéco vai fazer falta ‘seo’ borracheiro…?

Ao entrarmos na máquina do tempo vamos encontrar NécoSonéco, tipo diferente, quase um personagem na história de Araraquara. Ele vivia dentro de um mundo criado para si próprio, de vez em quando invadindo outros espaços e criando casos hilariantes como essa viagem para Interlagos.

Memórias de um sobrenome familiar e famoso nas pistas

Conto como conheci pilotos que eram meus ídolos e com quem passei a vivenciar proximidade, período lúdico da minha adolescência (Benê)

Sonhos de criança na minha querida cidade

A fantasia que a gente criava quando era criança torna efetivamente o mundo mais belo e neste encantamento é que criávamos a alegria pela vida. Hoje, conseguimos lembrar deste tempo com muita saudade.

Jovens irreverentes na calmaria de uma cidade

Falo da pureza que havia em jovens irreverentes, que mesmo pilotos graduados, por falta de habilitação não lhes eram permitido passear livremente na cidade com suas adoráveis motocicletas.

Tardes bem ensolaradas, lembranças inesquecíveis

Esta matéria é uma memória de um acontecimento que acabou-se com o tempo muito engraçado. Elevo também o piloto Manolo, que fez história correndo de Lambreta, da geração dos anos 60 e que inspirou muitos dos nossos pilotos de motocicletas. Por Benedito Salvador Carlos (Benê)

Naquele dia ‘Joinha’ não foi para Interlagos

Está é matéria sobre uma “história” que sempre nos divertimos pela maneira que aconteceu. Verdadeira “trairagem” do bem que só amigos podiam cometer (Benê).

MAIS LIDAS

Mensagem de massacre em banheiro de escola amedronta pais de alunos

Suposto ataque está marcado para esta sexta-feira, 12 e Guarda Municipal aumenta patrulhamento

PODCASTS

SEU PET

UTILIDADE PÚBLICA